Reserva + The Summer Hunter

48 horas

Por Ricardo Moreno -

Um fim de semana é pouco pra conhecer o Rio de Janeiro…Mas elaboramos um roteiro de dois dias que pode te darum bom panorama de todos os encantos dessa cidade

DIA 1

**8h
**
Comece o dia alugando uma bike e desbravando a zona sul. Toda a orla conta com ciclovias que garantem tranquilidade pra você ir curtindo a paisagem até chegar ao Centro. Deixe o celular a postos para aquela foto tradicional da Enseada de Botafogo com os barquinhos e o Pão de Açúcar ao fundo. Repare no Museu de Arte Moderna e no Aterro do Flamengo. Aliás, o Aterro merece sua atenção: inspirado no Central Park, o projeto de Lotta de Macedo Soares, Burle Marx e Affonso Eduardo Reidy completou 50 anos em 2015.

guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-1

**10h
**
Deu fome, né? A dica é seguir o caminho até a Confeitaria Colombo (foto). A unidade da Rua Gonçalves Dias, no Centro, tem mais de 100 anos de história. Fundada em 1894, servia de ponto de encontro pra grandes nomes da cultura e política brasileiras, como Chiquinha Gonzaga, Villa-Lobos e Rui Barbosa. Vai ser difícil resistir a algumas das cerca de 60 guloseimas do cardápio. Aproveite e devolva a bike – há pelo menos três pontos por ali. O passeio a partir de agora pode e deve ser feito a pé. guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-2

**12h
**
Colado Confeitaria Colombo, o Paço Imperial serviu de residência para governadores da Capitania do Rio de Janeiro no século 18 e membros da monarquia como Dom João VI. Hoje é um centro cultural. A alguns passos dali está um dos centros culturais mais interessantes da cidade: o Centro Cultural Banco do Brasil (foto), na Rua Primeiro de Março. Inaugurado em 1906 como Associação Comercial, tornou-se CCBB em 1989 e, desde então, é rota de algumas das mostras mais importantes do país.guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-3

**14h
**
Mergulhe na região do Morro da Conceição e da Praça Mauá. A área promete se tornar uma das mais efervescentes em 2016. Projetos de arte urbana devem eclodir por ali, sem falar no já consolidado Museu de Arte do Rio (MAR)e no Museu do Amanhã, a novidade mais recente da belíssima revitalização da Praça Mauá. guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-4

**17h
**
Depois de um passeio pelo MAR (foto), gaste um tempo batendo perna pelo Morro da Conceição, bairro supercharmoso com vielas, construções coloniais e casinhas coloridas, além de ateliês de arte – especialmente os da Rua do Jogo da Bola e da Ladeira João Homem, sem falar nas boas opções de bares e lugares pra petiscar. Se estiver por ali na sexta ou na segunda, você já tem a próxima parada: as rodas de samba na Pedra do Sal, que ocorrem a partir das 19 horas. Em tempo: o local tem esse nome porque era ali que os escravos descarregavam o salvindo de Portugal. guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-5

**21h
**
Pegue um táxi e vá pra São Cristóvão. Um dos melhores restaurantes no que diz respeito ao custo-benefício fica lá: é a Casa do Sardo (foto). A casa italiana reúne dois especialistas das regiões da Sardenha e da Sicília, os chefs Silvio Podda e Paulo D’Bella. Vá sem medo e tenha paciência.As filas são longas, mas vale a espera. guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-6

DIA 2

**0h
**
Ainda há ânimo? Vá ao Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas, também conhecido como Feira de São Cristóvão. São mais de 700 barracas simulando um pedaço do Nordeste. Se a fome bater, o que não faltam são comidas típicas. A noite ferve até altas horas entre barracas de comidas e karaokês. Se não está nesse pique nordestino, na Lapa sempre tem alguma coisa boa acontecendo: Circo Voador (foto), Fundição Progresso, casas de samba…
guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-9

**3h30
**
Quer tomar a saideira e comer alguma coisa antes de cair na cama? Vá ao Galeto Sat’s em Copacabana, na Rua Barata Ribeiro. Ou prove o sanduíche de pernil com abacaxi, um clássico do Cervantes (foto).*guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-8
*

**9h30
**
Pra aliviar a ressaca, pegue a bike (ou o skate, os patins, o tênis de corrida…) e vá suar os excessos na Lagoa Rodrigo de Freitas (abaixo). Esse paraíso tem um percurso completo de 7,5 quilômetros na ciclovia. E não faltam barraquinhas de água de coco ao longo dela pra você se hidratar. Esporte não é seu perfil? Ok, vá ao Jardim Botânico, tome café no La Bicyclette (Rua Jardim Botânico, 1008) e respireum pouco de ar puro.O dia está só começando.
guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-7

**11h
**
Ali mesmo pela Lagoa, se tiver sido essa sua opção, você consegue acessar a praia de Ipanema. Se espalhe entre o posto 8 e o 10 (leia mais aqui). Reforce o protetor solar e garanta sua cadeira e barraca (você não quer ficar cor gringo-camarão, né?). Agora é esperar o berro do “Mateee” e do Biscoito Globo: sim, você estánuma típica praia carioca.
guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-010

**14h
**
Partiu Braseiro da Gávea. Família, gente jovem, bonita, interessante… esse restaurante é um patrimônio carioca localizado no Baixo Gávea, na Praça Santos Dumont. Não deixe de provar a melhor linguiça da cidade e a afamada picanha (abaixo), que pode ser Oswaldo Aranha, um clichê da gastronomia do Rio.Peça um chope ou dois enquanto espera uma mesa.guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-011

**16h30
**
Hora da despedida. A Mureta da Urca (abaixo) é mais um clássico. Logo em frente, o Bar Urca divide-se em dois andares: o restaurante, no superior, e o balcão. É na muretinha que a galera fica babando na vista, pegando uma gelada no balcão e delícias de botequim: pastel, empada, bolinho de bacalhau… Quando o sol se puser, você vai entendero amor pelo Rio. guia-rio-de-janeiro-reserva-48horas-012