diversão & arte

5 motivos para você baixar o novo disco do Tame Impala

Por Juliana Tozzi -

Se você cantarolou exaustão o mantra “Feels Like We Only Go Backwards”, pode se preparar para escolher a canção sucessora. É que os rapazes do Tame Impala lançam “Currents”, disco novinho em folha na próxima sexta-feira (17).

A banda, que provou com os ótimos e psicodélicos “Lonerism” (2012) e “Innerspeaker” (2010), que nem só de Mel Gibson, INXS e Men At Work é feita a classe artística da Austrália, nos dá de presente 13 músicas inéditas ao longo de 51 minutos de gravação.

O álbum, que já teve singles revelados como “Let It Happen” e “Cause I’m a Man”, foi disponibilizado esta semana para streaming pela própria banda. A parte chata é que o Brasil ficou de fora da seleta lista de países que têm permissão para escutar. Fuén!

Mas sem problema! Eu te adianto 5 motivos para você amar o disco novo antes mesmo de escutar:

1) Viagem hippie-nerd: pra começo de conversa a arte da capa foi criada pelo músico e artista plástico Robert Beatty com base num vórtex em movimento. Beatty disse que ele e Kevin Parker, o geninho criativo e vocalista da banda, gastaram um bom tempo viajando em idéias como turbulências de fluxos da água e do ar. O resultado é esse abaixo:

capa currents

2) Menos distorção: poisé! O Tame Impala parece que decidiu se deslocar no tempo e deixar um pouquinho de lado as guitarras distorcidas dos anos 70. Eles se aventuraram nos sintetizadores dos 80 para criar uma sonoridade mais plástica e melódica. Mas calma, que a lisergia dos riffs ainda continua lá entre uma camada eletrônica e outra.

3) Inspiração: em entrevista ao jornal The Guardian, Kevin Parker disse que teve uma séria “iluminação” ao escutar “Staying Alive”, dos Bee Gees andando de carro pelas ruas de Los Angeles depois de tomar chá de cogumelos. Tá bom pra você?

bee gees

4) Coração partido: o álbum foi produzido sozinho por Kevin numa temporada que músico passou nasua casa de praia em Perth, na Austrália. O rapaz foi pra lá fazer música e curar o coração partido após o fim do relacionamento com a cantora francesa Melody Prochet (https://soundcloud.com/fatpossum/melodys-echo-chamber-endless). Pelo menos ele conseguiu transformara dor de cotovelo em algo criativo. 🙂

Tame impalaMelody-edit

5) Clipe com fantoches: “CauseI’m a Man“* não é apenas o primeiro single do álbum, como também já tem videoclipe. Nele os 5 músicos da banda aparecem em uma versão fantoche fofíssima tocando em frente a uma projeção na parede. Dê play e diz pra gente se tem como não amar?