diversão & arte

A arte de Kika Levy e sua 'coleção' de verões

Por The Summer Hunter Staff -

Ócio e devaneio. Para a artista plástica Kika Levy, o verão é sinônimo dessas duas palavras quase mágicas e muito mais do que desejadas nos apressados dias de hoje.

A associação acontece porque, para os sortudos mortais do hemisfério sul, a estação mais quente e esperada do ano coincide com o período de recesso de final de ano. É aquele momento, segundo Kika, que tira a gente da rotina e nos coloca num outro mundo – em que não se consegue entrar quando se está pressionado pelos afazeres humanos.

kika_levi_the_summer_hunter_7Série São Sebastião

kika_levi_the_summer_hunter_3Série Paisagem, 16 gravuras em metal

O verão é essa oportunidade do ócio, que pode ser em qualquer lugar: na cidade em que se vive ou, como diz a conhecida música, na rua, na chuva ou na fazenda. E, claro, numa boa praia.

Para a artista e gravurista já naturalmente ligada nos detalhes e no ato de contemplar, tudo é motivo para uma vagarosa espiadela – desde a mudança no tempo até o pôr do sol, que está todo dia disponível, mas nem sempre é apreciado como merece.

kika_levi_the_summer_hunter_5

kika_levi_the_summer_hunter_4Série Tempo Progressivo: gravuras em metal coladas sobre cubos de madeira

Essa ligação com a natureza e com a contemplação levou Kika a criar com a filha Nina uma floricultura bem diferente, a Amapá Flowershop. Aqui, cada detalhe é pensado e cuidado, buscando um resgate da simplicidade e a naturalidade da beleza.

Este trabalho tem uma profunda ligação com a natureza, a descoberta da sua geometria e da sua transformação, que inclui a passagem do tempo.

Kika tem o hábito de cultivar plantas e flores, um jeito que encontrou de manter um corpo a corpo com essas estruturas: um jeito singular de observar. Muitas vezes tem o auxílio de lupa para entender estruturas e desenhar. O que também inspira os arranjos que cria.

kika_levi_the_summer_hunter_1Série Pico do Jaraguá, de Kika Levy

Kika Levy desde 1963 coleciona verões. Trabalha e mora em São Paulo. Formada em Desenho Industrial pela FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado), desde 2002 se dedica principalmente à gravura. No ano de 2006, iniciou as atividades de coordenação do Espaço Atelier [Cris Rocha e Kika Levy] que oferece ainda workshops, projetos na área de artes e exposições.

Conheça mais sobre a artista e sua maneira singular de transformar contemplação em arte no conectearte.com.br.