esporte

Brännboll uma ova. Em Malmö, quem tem moral são os herdeiros de Tony Hawk

Por Ricardo Moreno -

Na Suécia, a promoção do esporte como ferramenta de bem-estar social e saúde pública ocupa parte considerável do orçamento oficial.

Neste ano, o governo fez um investimento adicional de 32 milhões de coroas suecas (R$ 12 milhões) apenas para financiar atividades esportivas de novos imigrantes, independentemente da idade e do gênero. Para 2016, o valor deve dobrar. É uma forma de, além de melhorar a saúde das pessoas, inseri-las na sociedade. Veja bem: esse valor é apenas para o estímulo e a inserção de imigrantes no esporte como ferramenta de inclusão social.

Se há um país que leva a sério inclusão e igualdade de gêneros, este é a Suécia. Não é de se estranhar, portanto, que em qualquer região visitada, de Kiruna a Ystad, existam impecáveis quadras poliesportivas espalhadas pela cidade.

Em Malmö, cidade litorânea ao sul do país, na fronteira com a Dinamarca, o skate é um dos esportes mais populares. A cidade tem o título de a mais progressista do mundo quando o assunto é o carrinho, seguida de Copenhague, que fica do outro lado da ponte de Øresund.

Seus cerca de 300 mil habitantes têm à disposição inúmeras pistas, de madeira e de concreto, a céu aberto ou fechadas. Em nossa opinião, as três melhores são Bryggeriet Skatepark, de 200 metros quadrados, indoor; Stapelbäddsparken, um complexo de 3 mil metros quadrados, próximo ao prédio “torcido” do arquiteto Santiago Calatrava; e a mais recente delas, Sibbarp Skatepark, de 800 metros quadrados, inaugurada em 2008 ao lado da praia de mesmo nome. Confira a lista completa de locais em skatemalmo.se/skatespots.

skate malmöFoto: Werner Nystrand

Uma das maiores empresas especializadas na construção de pistas, a Concreatures, é de Malmö. Mas nem sempre foi assim. Menos de duas décadas atrás, em 1998, a cena do skate praticamente não existia na cidade. Um grupo de jovens entusiastas do esporte teve de ralar para convencer a população e a prefeitura de que o esporte poderia ser um bom negócio para a região.

Convencidos da importância, como tudo nesse país, políticos e sociedade mergulharam de cabeça: “Se é para fazer, que seja feito o melhor”.

Uma rápida transformação começou a ocorrer na cidade, com investimentos públicos massivos para a compra de terrenos e construção de parques dedicados ao esporte.

Hoje, Malmö é considerada uma das capitais do skate da Europa, principalmente no norte. Desde 2006 ocorre o Ultra Bowl, campeonato que transforma o Sibbarp numa minisucursal de Venice Beach.

skate__UltraBowl

Ali, ao som de bandas como Nofx, Millencolin e Rancid, atletas profissionais e amadores de todo o mundo dominam a cidade durante três dias do verão com suas espetaculares manobras.

Ao redor do evento, a democracia sueca prova sua força: família inteiras, acompanhadas de bebês e até mesmo de cachorros, dividem-se entre os shows desses atletas e mergulhos para se refrescarem nas águas calmas de Sibbarp.

Brännboll, um dos esportes mais populares nas escolas suecas, é uma espécie de beisebol.

bannersponsoredvolvo