Inspiração

Designer brasileiro faz crowdfunding de livro com seus cartazes de filmes

Por - 4/07/2017

Muito mais que simplesmente uma peça de divulgação, os cartazes de filmes viraram objetos de decoração, coleção e admiração de cinéfilos de todos os gêneros. Mas é justamente conseguir expressar a proposta do filme, sem entregar o ouro e transformar a peça em objeto de desejo, os grandes desafios dos designers responsáveis pelas criações.

Marcelo Pallota é um dos principais nomes à frente dos cartazes de filmes brasileiros e que indiretamente ajudou a movimentar a famosa Retomada do Cinema Brasileiro ao lado de Fernando Meirelles, Walter Salles e outros nomes de peso.


É que Pallota é “o cara” que criou os cartazes de “Cidade de Deus”, “Diários de motocicleta”, “À Deriva”, “Carandiru”, “O Invasor”, “O Ano Em Que Meus Pais Saíram de Férias”, “O Passado”, “Chega de Saudades”, “Serra Pelada”, “Faroeste Caboclo” e do incrível “Que Horas Ela Volta?”.

Eis que depois de 15 anos se dedicando a cartazes e trailers do cinema nacional, de participar da exposição como “Fronteiras do Design” no MAM e da II Bienal de Design Ibero-Americana em Madri, que Marcelo Pallota decidiu transformar sua obra nas 250 páginas do livro “Cartazes de Cinema”, onde fala sobre processos criativos dos desenhos de seus vários pôsteres.

O projeto está em etapa de financiamento coletivo no portal Partio, com contrapartidas que vão de um exemplar do livro, até a criação de um cartaz de longa metragem pelo designer. O valor inicial para contribuir é de R$ 110 e você colaborar aqui até o dia 7 de agosto.

Populares