cenoura & bronze

5 ciclovias para conhecer as cidades pedalando

Por Fernanda Nascimento -

Mais de 3 mil quilômetros de rotas para bicicletas cortam as capitais brasileiras, entre ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Mais que um meio de transporte para os moradores, as vias exclusivas são uma maneira de explorar as cidades nos dias de sol. Nos últimos anos, lugares como Santos, Rio de Janeiro e Aracaju ganharam estações de bikes no meio da rua para facilitar o aluguel e o trânsito sobre duas rodas. Que tal conhecer a orla de Boa Viagem ou ver o morro do Pão de Açúcar pedalando pela ciclovia? Escolhemos cinco percursos pelo Brasil para fazer de bicicleta.

Foto: Marinelson Almeida/Flickr

01.

Ciclovia Mané Garrincha

(Rio de Janeiro, RJ)

O caminho que liga o centro da capital fluminense à orla de Copacabana se estende por 14 quilômetros. A melhor parte do passeio, sem dúvida, é o horizonte onde ora está o Pão de Açúcar, um dos principais cartões-postais da cidade, ora o morro da Urca, que separa a zona sul da região central. A ciclovia, que segue margeando a Baía de Guanabara, passa pela Marina da Glória, reformada para os Jogos Olímpicos, pelo parque do Aterro do Flamengo e pelas praias de Flamengo e Botafogo. A pista desemboca em Copacabana, de onde é possível pedalar pela orla até Ipanema.


Foto: Reprodução/Fotos de Aracaju

02.

Ciclovia da Avenida Beira Mar

(Aracaju, SE)

A capital de Sergipe pode não ter uma das maiores malhas cicloviárias do país, mas costuma figurar entre os primeiros lugares nos rankings das melhores cidades para circular sobre duas rodas. A ciclovia da Avenida Beira Mar é uma das mais antigas e foi construída em 2003. O percurso de pouco mais de 5 quilômetros passa pelo parque dos Cajueiros, que passou dez anos fechado antes de voltar a funcionar em 2012 à beira do rio Poxim, e termina no parque da Sementeira, que se estende por uma área de quase 400 mil m².


Foto: Tadeu Nascimento/AGEM

03.

Ciclovia da orla

(Santos, SP)

Cedo pela manhã, quando começa a funcionar a balsa que liga o Guarujá a Santos, a ciclovia da orla é tomada por bicicletas que chegam das cidades vizinhas. Além de servir como via de transporte para levar os moradores da região ao trabalho, a ciclovia é muito procurada pelos turistas que querem explorar a cidade. São quase 8 quilômetros que vão do Canal 6 à São Vicente e parte do percurso faz parte do maior jardim de praia do mundo. Nos 50 metros que separam a avenida principal da areia se estende a ciclovia, um calçadão e mais de 800 canteiros cheios de flores, além de quase 2 mil árvores.

meulugaraosol


Foto: Suely Sanches

04.

Ciclovia da Avenida Cerro Azul

(Maringá, PR)

No ano passado, uma das principais avenidas da cidade, a Cerro Azul, passou por uma revitalização que a encheu de cores. Uma ciclovia de 1 quilômetro agora liga a Praça da Catedral até a Praça de Patinação e o percurso promete ser estendido até a Avenida Juscelino Kubitschek. A calçada irregular foi substituída por um gramado, onde passa a ciclovia, e canteiros cheios de flores foram construídos ao longo do percurso. A Praça de Patinação, o ponto final da ciclovia, também foi revitalizada e tem pista de skate e espaço para shows e apresentações.


Foto: Rafa Medeiros/Prefeitura do Recife

05.

Ciclovia da orla

(Recife, PE)

Tem coisa melhor que pedalar olhando o mar? Em Recife, a ciclovia da orla contorna o calçadão da Avenida Boa Viagem, na praia de mesmo nome, um dos principais cartões-postais de Recife. Ela se estende por quase 8 quilômetros e é uma das principais vias cicloviárias da capital pernambucana. Inclua no passeio de bicicleta à beira-mar uma parada em um dos quiosques para tomar uma água de coco ou provar o tradicional caldinho de feijão vendido na praia de Boa Viagem.

Foto de abertura: Oneinchpunch/iStock