Hotéis

Endless summer: 8 picos pra curtir o verão o ano todo

Por - 13/06/2016

O verão no Brasil acabou, mas o sol sempre brilha em algum lugar do planeta. Aqui, uma seleção de destinos para fazer a estação mais quente durar o ano todo.

JUNHO
Oracabessa, Jamaica
Máx: 31 / Min: 24

DSC_0026
Deixe de lado aquela impressão que você tem da Jamaica onde tudo o que importa é o reggae e a maconha. Aqui a história é outra – ainda que o ritmo da ilha seja o mesmo. A cerca de 70 km ao norte da capital Kingston, a praia de Oracabessa abriga um hotel que parece ter saído de uma história de cinema. Descoberta pelo escritor Ian Fleming (o pai de James Bond) nos anos 50, essa propriedade de 52 hectares foi transformada no fascinante GoldenEye pelas mãos do empresário Chris Blackwell, fundador da Island Records. São 19 habitações – algumas voltadas para o mar, outras para uma lagoa privativa. A mais impressionante é a Flaming Villa: localizada num penhasco, a casa de três quartos tem capacidade para 10 pessoas e piscina e praia particulares.
goldeneye.com

JULHO
Granada e Playa Maderas, Nicarágua
Máx: 30º C / Min: 24º C

tribal-hotel-granada-nicaragua-conde-nast-traveller-16jan15-facebook-tribal-hotel
Antiga conhecida dos surfistas, a Nicarágua vem chamando a atenção também dos turistas que não necessariamente estejam em busca de boas ondas. E foi em Granada, uma das cidades mais antigas da América do Sul, que o empresário suíço Jean-Marc Houmard ergueu o Tribal Hotel (foto acima), um empreendimento que leva ao pé da letra o conceito de raw luxury: experiência chique baseada na simplicidade. São apenas sete quartos, cada um deles com varanda privativa e decoração que contempla peças desenvolvidas com exclusividade por artesãos locais. E não para por aí: 90 quilômetros ao sul, em San Juan del Sur, situa-se o Maderas Village (na foto que abre este post). Trata-se de um misto de hotel-butique com vinte quartos de tamanhos, configurações e preços variados, mais uma comunidade artística repleta de gente interessante em busca de novos ares. E o mar quentinho logo ali na porta.
tribal-hotel.com
maderasvillage.com

AGOSTO
San Pietro, Sardenha, Itália
Máx: 34º C / Min: 27º C

casa-di-sale-san-pietro
Esqueça as concorridas praias da Costa Esmeralda, na Sardenha, e apanhe um barco até outra ilha, a pequena San Pietro, distante 7 quilômetros de balsa a partir de Portoscuso ou Portovesme. Banhada pelo Mar Mediterrâneo e lambida pelo vento morno que vem do Saara, é um paraíso praticamente intocado num recorte geográfico surpreendente. De pedra ou areia, com mar azul-turquesa ou verde-esmeralda, são mais de uma dezena de praias espalhadas numa costa de 18 quilômetros. E a melhor coisa: praticamente todas desertas. Para dormir abra mão de hotéis e hospede-se na Casa di Sale. Ele conta com apenas três quartos com tamanhos entre 140 e 200 metros quadrados e varandas privativas. Feito de pedra e reboco natural, dispensa o uso de ar-condicionado, mesmo no verão.
casadisale.com

SETEMBRO
Baja Califórnia, México
Máx: 33º C / Min: 23º C

rancho-pescaderos-baja-california-mexico
O nome ajuda na localização – fica embaixo da Califórnia, no México. E essa península é dividida, basicamente, em duas regiões: Baja Norte e Baja Sur. Nossa dica é ir ao sul, onde fica Todos Santos, 45 minutos antes de chegar a Los Cabos. Aqui, quase no encontro do Pacífico com o Mar de Cortês, a água é mais quente e a oferta de hotéis e restaurante com mais personalidade e alma do que os encontrados em Cabo San Lucas e San José del Cabo. Nossa dica é um dos 12 quartos do Rancho Pescadero (foto acima), o predileto dos surfistas. E até setembro deverá estar em funcionamento o luxuoso Três Santos, um misto de hotel a beira-mar, condomínio residencial e fazenda de produtos orgânicos.
tressantosbaja.com
ranchopescadero.com

OUTUBRO
Cartagena de Índias, Colômbia
Máx: 33º C / Min: 25º C

sofitel-cartagena
Atenção: se você está a procura de praias paradisíacas e mar de águas claras, Cartagena não é o melhor destino. Aqui, o turismo é outro. Imagine um misto entre Paraty, no litoral do Rio de Janeiro, e Havana, a capital de Cuba: arquitetura antiga, ruas cheias de cores, sons e sabores e população sorridente. A cidade oferece um turismo gastronômico de ponta, a exemplo de restaurantes como o Cuzco, vida noturna agitada, principalmente no recém-vitalizado bairro Getsemaní, e hotelaria de luxo. Se o budget permitir hospede-se no Sofitel Santa Clara. Para mergulhar e passar o dia em praias paradisíacas banhadas pelo mar do Caribe a gente recomenda ir de barco até as ilhas de San Andrés ou Barú.
sofitel.com

NOVEMBRO
Le Mourne, Ilhas Maurício
Máx: 30º C / Min: 21º C

Swimming pool with deckchairs and Indian Ocean in Mauritius
Durante metade do ano a temperatura máxima nas Ilhas Maurício ultrapassa os 30º C. Ou seja, aqui o verão é garantido. Localizada no Oceano Índico, na costa sudeste do continente africano, essa ilha de 45 quilômetros de largura por 65 quilômetros de comprimento oferece praias de um azul-turquesa que não se encontra em nenhuma tabela Pantone, hotéis cujos serviços nos fazem acreditar que temos cartão de crédito com limite infinito e, o melhor, um dos povos mais amáveis e atenciosos do planeta – e isso não tem preço. Nossa sugestão para se hospedar é o St. Regis. São 172 suítes voltadas para a praia (e que praia!) enquanto, do lado oposto, a montanha Le Mourne serve de idílico pano de fundo. Ah, e as fotos no Instagram são garantidas: ¾ do país tem internet gratuita nas ruas.
stregismauritius.com

DEZEMBRO
Ilha Benguerra, Moçambique
Máx: 30º C / Min: 22º C

andbeyond-benguerra-mocambique
Quem sabe por seu surpreendente mix de safári na savana e formidáveis opções de snorkeling nas praias, quem sabe por ser uma das poucas nações africanas a ter descriminalizado, no ano passado, o homossexualidade e o aborto, Moçambique tem atraído olhares interessados de viajantes profissionais em busca dos melhores lugares do planeta para aproveitar o sol. E fica a 14 quilômetros de sua costa, no arquipélago de Bazaruto, a ainda pouco explorada ilha de Benguerra. Recém-inaugurado, o lodge &Beyond Benguerra Island conta com quatro diferentes tipos de acomodação em estilo colonial português. Do lado de fora da porta, um mar de corais praticamente intocados pelo homem e uma intensa vida marinha, incluindo os raros dugongos, uma espécie menos comum de peixe-boi só encontrados ali.
andbeyond.com

Populares