Guia da Semana

Guia pra curtir São Paulo ao ar livre e sem gastar muito: 22 a 28/3

em parceria com

Por Rafael Andery -

A nossa definição de sofisticação foi atualizada. O sofisticado está nas coisas simples, na festa de rua, nas rodas de amigos, no olho no olho, no boteco do coração, em gastar o justo na hora de se divertir. É nisso que a gente acredita. E é nisso que a Aperol também acredita. Por isso nos juntamos a ela para trazer, todas as semanas, sempre às quintas, as melhores dicas de festas e eventos que prezam pela música boa, galera bacana e vibe democrática. Vem com a gente que a diversão está garantida.

FESTAS

Festa Autônoma Temporária
Foto: Reprodução Facebook

Festa Autônoma Temporária de Rua

A galera do coletivo Festa Autônoma Temporária tem por princípio ocupar espaços públicos da cidade e fazer o rolê no asfalto mesmo. Essa será a primeira festa no ano e contará com um line-up que impressiona, com o DJ japonês Ground e uma galera que costuma fazer o som de diferentes coletivos da cidade, como os DJs Thomash, da VOODOOHOP, Akin/Non Exist, do Metanol e Nika Tze, do BLUM. A festa tem suas excentricidades e, por isso, informações como o local e a hora exatos virão “no tempo certo”, segundo a organização. Fique atento à página do evento.
Data: Domingo (25/03) | Hora: Ainda não divulgada | Preço: Grátis | Endereço: Ainda não divulgado


Gavin-Rayna
Foto: Divulgação

Gavin Rayna (LCD Soundsystem) na Peixaria Mitsugi

Não vai no Lollapalooza? Uma outra ótima opção para esta sexta (23) é curtir o set da artista trans nova-iorquina Gavin Rayna Russom (na foto que abre este post) apenas a responsável pelos sintetizadores do LCD Soundsystem e por alguns dos trabalhos musicais mais interessantes dos últimos 15 anos – se tiver curiosidade, procure por suas colaborações com gente como Delia Gonzalez e a trupe performática do Black Leotard Front. Depois de tocar no Lolla com o LCD (o show está marcado para às 19h35), Gavin cruza os mais de 20 quilômetros que separam o Autódromo de Interlagos da já must-to-go Peixaria Mitsugi, na Liberdade, para fazer uma noite que deve entrar pra história: seja pelo set dela, seja pela fila que deve se formar na porta. Ingressos, só na hora – e por módicos 20 reais. Pessoas trans entram de graça a noite toda!
Portanto, se não quiser ficar de fora, chegue cedo, bem cedo.
Data: Sexta (23/03) | Hora: 23h | Preço: R$ 20 | Endereço: Peixaria Mitsugi, R. Galvão Bueno, 364, Liberdade


ESPECIAL

Foto: Francisco Costa/Divulgação

Plana Festival, volta ao NADA

Anteriormente conhecida como Feira Plana, a agora Plana Festival Internacional de Publicações, criada por Bia Bittencourt (leia mais sobre ela aqui), chega a sua sexta edição em casa nova, na Cinemateca Brasileira. Queridinha dos fãs de publicações autorais e independentes, a Plana desse ano começa na sexta (23), e tem como tema a “Volta ao NADA”, prometendo uma edição niilista e autocrítica. As centenas de expositores publicam em formatos que vão das HQs tradicionais aos livros de arte, passando por panos de prato e zines, então vale chegar cedo para ter tempo de conferir tudo e também para evitar as filas que têm se formado nos últimos anos do evento. Vale conferir também as festas de abertura – que rola hoje, quinta (22), no Plu-Bar – e a de encerramento, domingão (25), no Orfeu, no Copan.
Data: Sexta (23/03) a Domingo (25/03) | Hora: Sexta, 17h às 20h; Sábado e domingo, 11h às 20h | Preço: Grátis | Endereço: Cinemateca Brasileira. Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino


Flaneur Magazine - São Paulo

Flaneur Issue – Treze de Maio

Na esteira do Plana Festival, a revista independente Flaneur Magazine, tocada pela multitask girl Ricarda Messner em Berlim, realizará um evento de lançamento da sua sétima edição, totalmente dedicada à icônica rua Treze de Maio e produzida em parceria com artistas e escritores da cidade – gente como o artista Paulo Nimer Pjota ou o pesquisador de cultura negra Rafael Monteiro. A cada edição, a revista se dedica a alguma rua pelo mundo, já tendo retratado vias de Moscou, Atenas e Roma, por exemplo. Agora, a Treze, como é mais conhecida, será a personagem da vez. A rua é representativa de diversos momentos da história da cidade, contando com uma paisagem urbana que mistura grafites, botecos pé-sujo, cantinas italianas, baladas modernas e igrejas centenárias. O evento, como não poderia deixar de ser, será na própria rua, e promete ter como after o tradicional Samba da Treze, que lota a rua de gente todas as sextas.
Data: Sexta (23/03) | Hora: 18h | Preço: Grátis | Endereço: Escadaria do Bixiga, em frente à Praça Dom Orione, Bixiga


SHOWS

Feminine hi-fi
Foto: Miguel de Castro/Divulgação

Feminine Hi-Fi encontra Ruído Rosa

O Feminine Hi-Fi é um projeto de integração de mulheres no cenário do soundsystem, majoritariamente ocupado pelos homens. É sonzeira pesada feita por uma trupe feminina talentosíssima, como a MC Shirley Casa Verde, a cantora Marietta Massarock e a engenheira de som Rapha Ah, que se apresentarão no show organizado pelo projeto no Sesc Santana neste sábado (24). A seleção musical do Feminine Hi-Fi costuma cobrir diversos períodos da música jamaicana, tudo discotecado em vinil pelas seletoras convidadas, com as canções interpretadas pelas singjays em cima das bases. A aparelhagem do som será feita pela Ruído Rosa, outro grupo composto apenas por mulheres.
Data: Sábado (24/03) | Hora: 16h | Preço: Grátis | Endereço: Sesc Santana. Av. Luís Dumont Villares, 579, Santana


Rap Clandestino IV: Diomedes Chinaski & Rancho Mont Gomer

A festa Rap Clandestino, que chega a sua quarta edição, é a melhor oportunidade que você tem de descobrir quem é o rapper que vai estourar nos próximos anos antes de todo mundo. Nesta sexta (23), a revelação pernambucana Diomedes Chinaski, que já fez parcerias com gente como Emicida, Rodrigo Ogi e Rincon Sapiência e é recomendadíssimo pelo conterrâneo Don L, desembarca para o seu primeiro show em São Paulo. Ele dividirá o palco com a galera do Rancho Mont Gomer, do rapper Eloy Polêmico.
Data: Sexta (23/03) | Hora: 23h30 | Preço: R$ 20 a R$ 35 | Endereço: Casa da Luz, R. Mauá, 512, Centro


Sofar-Sounds-Sao-Paulo
Foto: Divulgação

Sofar Sounds SP

Você não sabe o que vai tocar e nem onde vai ser. Essa é a proposta do Sofar Sounds, projeto nascido em Londres e que hoje está presente em 330 cidades pelo mundo, organizando mais de mil eventos anualmente. O line-up do show só é divulgado no dia do evento e o local, apenas 24 horas antes e somente para aqueles que se inscreveram. Normalmente, o Sofar privilegia artistas novos, lugares inusitados e shows pequenos, que são sempre uma experiência única. Na edição que se realiza na terça (27), só foi confirmado que o line-up contará com 3 artistas. Vale a pena se jogar de cabeça, mesmo que você não faça ideia de onde está se metendo. Na foto, edição que aconteceu no começo do mês dedicado ao Dia Internacional da Mulher.
Data: Terça (27/03) | Hora: 20h | Preço: a partir de R$ 30 | Endereço: Não divulgado

Endereço: Secreto, mas fica no bairro de Perdizes | Hora: 19h à 0h (ter. a qui.); 19h à 1h (sex.); 15h à 0h (somente no primeiro sábado do mês).

Foto de abertura: Gavin Rayna por Mark Horton/Getty Image