cenoura & bronze

5 mirantes com vistas de tirar o fôlego

Por Fernanda Nascimento -

Ver uma paisagem do alto é sempre uma experiência diferente. Às vezes é preciso encarar uma trilha, algumas ladeiras ou até um elevador para encontrar aquela vista que não alcança o fim do horizonte. Mas o final sempre vale a pena. Com a brisa do mar e um coqueiral à vista em Alagoas, dentro de uma floresta enxergando os principais cartões-postais do Rio de Janeiro, ao lado da igreja da Sé em Olinda, vendo as piscinas naturais em Fernando de Noronha ou se sentindo pequenininha diante da imensidão do Cânion Fortaleza, fomos atrás de cinco lugares para você se sentir no topo do mundo.

Foto: Turismo Alagoas/Divulgação

01.

Mirante da Praia do Gunga (AL)

A areia branca, a água cristalina e as falésias multicoloridas já explicam por que essa praia costuma figurar na lista dos destinos mais bonitos do país. Mas um imenso coqueiral torna esse cenário ainda mais surreal. Logo antes da estrada que dá acesso à praia do Gunga, a 32 quilômetros de Maceió, há um mirante de onde é possível enxergar o verde da plantação e os tons de azul do mar e do céu no horizonte. A visita à praia pode incluir um mergulho na Lagoa do Roteiro, em uma das pontas, ou um passeio de buggy às falésias.


Foto: Diego Grandi

02.

Alto da Sé, Olinda (PE)

Um dos principais pontos turísticos de Olinda, o Alto da Sé ganhou um novo mirante em 2011. No prédio da caixa d’água, ao lado da Igreja da Sé, foi inaugurado um elevador panorâmico que sobe oito andares até chegar à cobertura. De lá, é possível ver toda a cidade beira-mar. Nos dias claro, a vista alcança Recife, vizinha à Olinda. O passeio fica ainda mais bonito ao entardecer, quando a praça na frente da igreja fica tomada por barraquinhas que vendem tapioca, acarajé e outro quitutes tradicionais.


Foto: José Carlos RJ/Wikimedia

03.

Vista Chinesa, Rio de Janeiro (RJ)

Você pode subir ao Cristo Redentor e enxergar a cidade do alto. O mesmo vale para o Pão de Açúcar, outro dos mais famosos cartões-postais cariocas. Mas o melhor é ver todo o panorama do Rio de Janeiro do meio da floresta. Erguida no começo do século XX para homenagear os chineses que trouxeram o cultivo do chá para o Brasil, a Vista Chinesa é uma construção de estilo oriental dentro do Parque Nacional da Tijuca. A vista do mirante ainda contempla a Baía de Guanabara, a Lagoa Rodrigo de Freitas e as praias da zona Sul.

meulugaraosol


Foto: Fernando Lazzarin

04.

Cânion Fortaleza, Cambará do Sul (SC)

Quem disse que precisa ir até os Estados Unidos para conhecer um cânion? Dentro do Parque Nacional da Serra Geral, que fica na divisa do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, fica o Cânion Fortaleza. O paredão de 900 metros de altura, com 7,5 quilômetros de extensão, pode ser visto de um mirante que fica a 23 quilômetros da cidade de Cambará do Sul. Em dias claros, é possível enxergar o litoral gaúcho. O parque também tem cachoeiras como a do Tigre Preto e a Pedra do Segredo, um bloco de rocha de 5 metros e 30 toneladas equilibrada numa base de 50 centímetros.


Foto: ABIH

05.

Mirante da Baía dos Porcos, Fernando de Noronha (PE)

A pequena faixa de areia de 100 metros de extensão é uma das mais famosas do arquipélago. Ela desaparece na maré alta, mas a maré baixa forma piscinas naturais cheias de peixinhos para explorar com o snorkel. Mas a fama da Baía dos Porcos, no entanto, é por seu mirante que fica no fim da trilha da praia do Sancho. Um dos cartões-postais mais famosos de Fernando de Noronha, a vista enquadra o Morro Dois Irmãos, a pequena praia e um horizonte infinito de água cristalina. É para registrar com a memória – e com uma câmera fotográfica.

Foto de abertura: Vista Chinesa, Rio de Janeiro (RJ)/Barbara Ecksteinpp/Flickr