Lifestyle

O Novíssimo Questionário Proust: Karina Mota

Por Renata Brosina -

Sócia do grupo Chez, porta-voz da Aesop no Brasil, mãe de Rio... A empresária Karina Mota desempenha papeis tão distintos quanto improváveis: mãe, empresária, assessora de comunicação, consultora. Todos eles com o mesmo esmero e profissionalismo. Pra começar a pôr em práticas suas resoluções de 2016, ela respondeu às perguntas inspiradas no questionário preenchido por Proust no século 19. Sua ideia de felicidade? “Entender que os momentos tristes fazem parte da felicidade”.

Qual é a sua maior virtude?

Eu levito.

E o seu maior defeito?

Eu evito.

A característica mais importante em uma mulher

Empatia e coragem.

E em um homem

Coragem e empatia.

Qual o seu maior arrependimento?

Não saber de cor as coreografias do Michael Jackson.

E o que te dá medo?

Não saber dançar devagar pra te acompanhar.

Um ser humano ainda vivo que admira

São muitos, e eles estão perto de mim, família, amigos e colegas de trabalho. Acho as meninas do FEMEN incríveis; Jean Wyllys, Jodorowsky, Nick Cave, poetas e heróis atuais.

Uma extravagância

Trabalhar com o que me dá prazer, construir momentos de profunda felicidade.

O que você mais aprecia nos seus amigos?

Tudo. São pessoas capazes de liberdade, compreensivas, perspicazes, generosas, engraçadas, sem medo de errar e de amar.

Qual a sua ideia de felicidade?

Entender que os momentos tristes fazem parte da felicidade. A busca da evolução, o caminho me faz feliz.

E o que seria a maior das tragédias?

Não ajudar em tempos de tragédias.

Uma mentira sincera

Pequenas poções de ilusão para um maior abandonado.

Quem você gostaria de ser, se não fosse você mesma?

Não consigo imaginar nenhum presente maior que o da minha existência. Não trocaria essa vida por nada.

E onde gostaria de viver?

Na Córsega e em Paraty.

Quem são seus heróis na ficção?

Melody Nelson do Gainsbourg.

Um amor eterno?

Meu filho Rio.

E um amor que acabou?

Amores serão sempre amáveis.

Qual a sua palavra favorita?

Rio.

O que você mais detesta?

As fronteiras, as bombas, os desastres, o preconceito, as fobias.

Quais são os personagens históricos que você mais despreza?

Os que colaboraram com as questões acima, e os personagens de hoje que incitam a agressividade e o ódio.

Qual dom natural você gostaria de possuir?

O dom de pilotar um avião.

Como você gostaria de morrer?

Livre.

Que defeito é mais fácil perdoar?

Não é dificil perdoar, mas muitas vezes é fácil esquecer.

Qual é o lema da sua vida?

“Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez”, do Jean Cocteau.

Um verão perfeito

Todos na ilha, no barco, no mar.

Segue ela:
chez.com.br
@grupochez
@chezkarina

karina-mota-the-summer-hunter-entrevista_2