Lifestyle

O Novíssimo Questionário Proust: Lia Paris

Por Ricardo Moreno -

A cantora e compositora Lia Paris já foi modelo, estilista, engolidora de fogo e trapezista. Já cantou indie-rock, samba de raiz e música francesa (suas interpretações de Edith Piaf são emocionantes).Seu primeiro flerte com a música ocorreu quando ela tinha 14 anos e entoou, a capela, “Ensaboa”, de Cartola, em uma peça de teatro da Escola Vera Cruz, em São Paulo, onde estudava. Recentemente lançou seu primeiro disco-solo, com produção de Carlos Eduardo Miranda e participação de Marcelo Jeneci e Samuel Rosa (ouça aqui). Aqui,Lia responde às nossas perguntas inspiradas no famoso questionário preenchido por Proust no século 19. As fotos são do Angelo Pastorello.

Qual é a sua maior virtude?
Compor

E o seu maior defeito?
Cobrar demais de mim e do mundo

A característica mais importante em uma mulher
Garra, sensibilidade e intuição

E em um homem
A combinação irresistível da força e da delicadeza

Qual o seu maior arrependimento?
Não ter estudado piano ainda criança

E o que te dá medo?
O tempo

Um ser humano ainda vivo que admira
Minha mãe

Uma extravagância
Viver o presente

O que você mais aprecia nos seus amigos?
A lealdade e leveza que atravessa o tempo, o espaço e as circunstâncias

Qual a sua idéia de felicidade?
Amor e arte

E o que seria a maior das tragédias
A destruição do planeta pela ganância de alguns e ignorância de muitos

Uma mentira sincera
Eu não bebo

Quem você gostaria de ser, se não fosse você mesma?
Alguém com a tranquilidade dos 15 e cabeça feita dos 30.

E onde gostaria de viver?
Na terra do nunca

Quem são seus heróis na ficção?
Alice

Um amor eterno
O meu

E um amor que acabou
Muitos e nenhum…

Qual a sua palavra favorita?
Universo

O que você mais detesta?
Maldade, preguiça, má vontade

Quais são os personagens históricos que você mais despreza?
Nero, Hitler, Mao Tsé-Tung

Qual dom natural você gostaria de possuir?
Voar. Pode?

Como você gostaria de morrer?
Amando

Que defeito é mais fácil perdoar?
Os inocentes

Qual é o lema da sua vida?
“Acredito no absurdo. Nada é certo e nem finito, impossível ou fácil demais”. É o refrão de “Subentendido” , música minha e do Jeneci, cujo tema é justamente esse

Um verão perfeito
O dos meus sonhos. Um pouco que guardei de cada um dos que passaram e dos que ainda virão

lia_paris_1Angelo Pastorello