Air France + The Summer Hunter

Questionário Air France: Débora Bloch

Por - 20/01/2017

Eterna Bete Balanço para uns, diva da televisão brasileira para todos, Débora Bloch é consciente coletivo. Desde que estreou na TV, em 1981, com a personagem Lívia na novela “Jogo da Vida”, na Globo, ela pavimentou uma carreira profícua na televisão, no teatro e no cinema. Sua estreia na tela grande, no longa “Bete Balanço” (1984), inclusive, lhe rendeu o prêmio Air France de melhor atriz. Tinha 20 anos.

Depois vieram um punhado de projetos que, até hoje, habitam a memória dos jovens na faixa dos 40 anos: “Armação Ilimitada”, “TV Pirata”, “Cambalacho”, “Dóris Para Maiores”… Atualmente grava uma nova minissérie da Globo, “13 Dias Longe do Sol”, com estreia prevista para este primeiro semestre. No ano passado participou de outra série, a incrível “Justiça”.

E os muitos e ainda desconhecidos traços da sua personalidade floresceram e ainda florescem deliciosamente em personagens brilhantes, com os quais sempre acabamos nos envolvendo, nos emocionando e pouco a pouco considerando Débora parte da nossa própria família. Coisas da televisão.

Mas o que poucos sabem é que essa mineira que trocou São Paulo pelo Rio de Janeiro aos 14 anos (ela viveu na capital paulista dos 7 aos 14) é do tipo que se orgulha de seus prazeres mundanos e não abre mão de passar dias entre família e amigos em sua casa no Jardim Botânico ou de fazer crochê sob o sol da Bahia, de preferência ao som de Rolling Stones.

Fotos: Daryan Dornelles

Qual é a sua maior virtude?
Lealdade.

E o seu maior defeito?
Esconder meus defeitos.

A característica mais importante em uma pessoa.
Humor e generosidade.

E o que te dá medo?
Não ter saúde.

Um ser humano ainda vivo que admira.
Mick Jagger.

Uma extravagância.
Hotéis 5 estrelas.

Qual a sua ideia de felicidade?
Férias com meus filhos e amigos na minha casa na Bahia.

Uma mentira sincera.
Detesto mentira!

Quem você gostaria de ser, se não fosse você mesmo?
Sophia Loren.

E onde gostaria de viver?
Onde vivo, no Rio de Janeiro.

Uma viagem
Inhotim.

Um hobby secreto.
Crochê.

Uma mania que se orgulha.
De fazer exercício.

Qual a sua palavra favorita?
Palavra.

O que você mais detesta?
Injustiça.

Qual dom natural você gostaria de possuir?
Cantar.

Que defeito é mais fácil perdoar?
Teimosia.

Qual é o lema da sua vida?
“Aproveite o presente.”

Um novo talento que admira.
Gabriel Mascaro, diretor do filme “Boi Neon”.

Um trabalho inesquecível.
Pode ser dois? A peça “Os Realistas” e a série “Justiça”.

Algum trabalho que gostaria de fazer e ainda não fez?
Minha próxima peça de teatro, “De Verdade”, do [dramaturgo inglês] Tom Stoppard.

Uma obra que você não se cansa de assistir.
Os filmes do Wong Kar-Wai, do Cassavetes, do Woody Allen, do Truffaut…São muitos!

Um desafio prazeroso da sua profissão.
Começar uma nova personagem.

Qual é a sua praia?
Praia do Espelho, na Bahia.

Um verão perfeito
No sul da Bahia…


*Este post faz parte do especial do The Summer Hunter sobre o verão no Rio de Janeiro patrocinado pela Air France.

Populares