Coluna

Seu bem estar em 12 conselhos e uma conclusão

Por Sérgio Roveri -

Para ser coerente com a linha editorial deste site, apresento aqui uma modesta compilação dos principais conselhos dados por uma série de especialistas em saúde e qualidade de vida. Pensei muito sobre eles na última semana e cheguei a uma conclusão que vou divulgar no fim do post. Como são conselhos curtos e práticos, espero que vocês tenham paciência para chegar às últimas linhas, quando enfim a grande revelação irá se anunciar.

1- Aprenda a se valorizar e passe a fazer apenas o que você realmente sente vontade. Cumprir ordens é para os outros;

2- Atenda apenas aos chamados que você julgar realmente interessantes e nunca abandone sua posição apenas para deixar alguém feliz;

3- Tenha plena consciência do seu território e dos seus domínios. Não aceite que invadam seu espaço e nem ceda para outro o lugar que você conquistou por merecimento;

4- Cultive, explore e exiba a sua vaidade sem remorsos. Você tem de ser o primeiro a se achar belo e irresistível – se conseguir, os outros concordarão com você;

5- Encare o sexo sem culpa e o pratique todas as vezes em que sentir vontade. Não se intimide se o ruído de suas relações sexuais acordar os vizinhos. Afinal, gritar de prazer é muito melhor do que gritar ao ver um ladrão;

6- Jamais descuide de sua forma física. Faça alongamentos várias vezes por dia. Nunca se levante sem dar uma boa espreguiçada, boceje à vontade e cultive seu direito à preguiça;

7- Faça pequenas refeições várias vezes por dia. O seu metabolismo vai ficar mais rápido e as chances de engordar serão mínimas;

8- Procure cochilar sempre depois das refeições. Isso aumentará sua disposição e se mostrará essencial para a longevidade;

9- Redobre sua atenção durante a noite, que é quando os perigos são maiores;

10- Observe os estranhos com muita cautela. Se o seu feeling apontar que eles não são confiáveis, esqueça a etiqueta e os bons modos e fuja deles;

11- Não tenha medo do sol matinal, exponha-se à vontade. Mas, quando os ponteiros mostrarem dez horas, corra em direção à sombra e água fresca;

12- Aprenda a se valorizar acima de tudo e de todos. Aceite, sem remorsos, o fato de que você é o ser mais importante do mundo.

CONCLUSÃO: Se você consegue seguir à risca tudo isso, parabéns – você é um gato. Todos estes mandamentos, que eu realmente extraí de livros de auto-ajuda e colunas de revistas semanais, nada mais são do que a rotina diária do Pirulito e da Ritinha, meus dois gatinhos que, embora adorem dormir sobre jornais, revistas e o teclado do computador, continuam deliciosamente sábios e analfabetos.