cenoura & bronze

5 trilhas pelo Brasil para explorar a natureza

Por Fernanda Nascimento -

Não importa o tamanho da caminhada, sair para uma exploração a pé leva a cenários extraordinários e muitas vezes pouco explorados. Algumas cachoeiras, grutas, lagos e praias com água cristalina só podem ser acessadas por caminhos pelo meio da mata – e o percurso às vezes é tão bonito quanto o destino final. Descobrimos 5 trilhas, das mais leves às caminhadas mais exigentes, que te levam a algumas das paisagens mais incríveis do Brasil.

Foto: Marina Ippolito

01.

Vale do Pati, Chapada Diamantina (BA)

Mais de 1.500 km² delimitam a área do Parque Nacional da Chapada Diamantina. No meio da Mata Atlântica se escondem vales, montanhas e cachoeiras. As paisagens são um tanto surreais e de uma dimensão quase infinita. Centenas de trilhas cruzam o parque, mas a mais famosa dela é a do Vale do Pati. A caminhada leva de três a cinco dias e os aventureiros pernoitam na casa das cerca de 300 famílias que moram na região do vale. Parece muito (e são, afinal, mais de 40 quilômetros), mas o percurso atrai visitantes de todo o mundo e é considerado um dos mais bonitos da América Latina.


Foto: Marcio Motta/Flickr

02.

Parque Estadual de Ibitipoca (MG)

A cerca de 360 quilômetros de Belo Horizonte, o parque fica no distrito mineiro de Lima Duarte e é famoso por suas grutas e cachoeiras. As trilhas são divididas em três circuitos que levam pelas grutas, lagos e picos espalhados por lá. O roteiro das águas é o mais curto e seu percurso de 5 quilômetros começa no restaurante do parque e vai até a Ponte de Pedra (foto). O circuito mais longo tem 16 quilômetros e leva à Janela do Céu, o ponto mais alto, com 1.800 metros de altitude. As trilhas são todas sinalizadas e o parque tem infraestrutura com lanchonete, banheiros, camping e estacionamento. Para entrar, os visitantes pagam R$ 15 (seg. a sex.) ou R$ 25 (sáb. e dom.).
ibitipoca.tur.br/parque


Foto: Evandro O Souza/Flickr

03.

Trilha das 7 praias, Ubatuba (SP)

Mais de 100 praias se estendem por Ubatuba, no litoral norte de São Paulo. Se parece difícil escolher uma para conhecer, que tal um passeio por sete delas? Uma das trilhas mais famosas da região tem quase 10 quilômetros e vai de Lagoinha a Fortaleza. O percurso segue pela Mata Atlântica e passa por sete praias, além de mirantes de onde é possível ver o litoral do alto. O ideal é tirar o dia todo para o passeio. Assim, é possível passar um tempo na pequena e deserta praia do Oeste ou mergulhar nas águas claras do Bonete. Tanto em Lagoinha quanto em Fortaleza há restaurantes para um lanche.

meulugaraosol


Foto: Thefuturistics/Flickr

04.

Volta à Ilha Grande (RJ)

A 1h30 de barco de Angra dos Reis, essa ilha tem mais de uma centena de praias paradisíacas escondidas em 193 quilômetros de extensão. A vila do Abraão concentra a maior parte das pousadas e é o principal ponto de partida para os passeios de barco. Mas a melhor maneira de explorar a região é através das 16 trilhas que cortam a ilha. Alguns trechos são caminhadas leves, outros mais íngremes e uma parte é recomendada a quem gosta de trekking. Somadas, as trilhas completam a volta à ilha, uma aventura que leva cerca de 6 dias. Os caminhos levam à praias de águas cristalinas muitas vezes pouquíssimo exploradas.


Foto: Ricardo Moreno

05.

Cataratas dos Couros, Chapada dos Veadeiros (GO)

Saindo de Alto Paraíso de Goiás, uma das vilas que serve como base para os viajantes que chegam à Chapada dos Veadeiros, é preciso pegar um hora de estrada para alcançar a entrada da trilha das Cataratas dos Couros. O percurso de 3 quilômetros margeia o rio de mesmo nome repleto de quedas d’água que atingem até 100 metros de altura. As principais delas são as cachoeiras da Muralha, de São Vicente, do Bujão e do Parafuso. É possível dar um mergulho e se refrescar nas piscinas naturais que se formam embaixo das quedas d’água – na época das chuvas, é melhor consultar um guia local. A entrada para a trilha é gratuita.

Foto de abertura: lzf