cenoura & bronze

5 programas nas cidades mais carnavalescas do Brasil

Por Rafael Andery -

Durante o feriado do Carnaval, algumas cidades brasileiras são tomadas por uma energia que dura quatro dias inteiros – quando não invade a quarta-feira de cinzas ou todo o mês de fevereiro. Mas é possível, sim, aproveitar um pouco dos destinos mais carnavalescos do Brasil sem confete e serpentina. Queira você um refúgio tranquilo para dar uma pausa na farra ou simplesmente aproveitar alguns dos cenários incríveis que esses lugares oferecem, selecionamos 5 passeios de norte a sul do país para curtir nos intervalos do feriado de Carnaval.

01-Parque-Lage-1-Riotur.Divulgac-a-o-copy

01.

Parque Lage, Rio de Janeiro

Os 52 hectares do Parque Lage, no Rio de Janeiro, ficam situados aos pés do Corcovado, no bairro do Jardim Botânico. Os cenários de tirar o fôlego costumam ser palco de shows, exposições e outros eventos culturais. Para aproveitar as tardes de verão você pode fazer um piquenique nos jardins projetados no século XIX ou simplesmente caminhar pela floresta nativa de Mata Atlântica e conhecer os lagos, ilhas artificiais e cavernas espalhadas pelo parque.


02-Itacolomi-Samuel-Auguste-copy

02.

Parque Estadual do Itacolomi, Ouro Preto (MG)

Localizado a cerca de 30 km do centro de Ouro Preto (MG), o Parque Estadual do Itacolomi abriga o Pico do Itacolomi, uma montanha de 1.772 metros de altitude com uma vista panorâmica da cidade histórica. Os mais de 7 mil hectares do parque são repletos de córregos, rios e diversos animais silvestres, como macacos, lobos-guará e capivaras. O parque também abriga construções remanescentes do período colonial e um Museu do Chá.


03-oficina-Brennand-Valdiney-Pimenta.Flickr-copy

03.

Oficina Brennand, Recife (PE)

Francisco Brennand, reconhecido como um dos maiores escultores brasileiros, transformou a fábrica de telhas da família em seu ateliê na década de 70. Hoje, o espaço também funciona como um museu a céu aberto, onde o artista expõe seus principais trabalhos. Cercada por trechos de Mata Atlântica e pelo rio Capibaribe, a Oficina Brennand fica no bairro da Várzea, distante em vinte quilômetros do centro de Recife. O passeio é imperdível para quem visita a cidade. Certamente você nunca viu uma oficina parecida com essa.

meulugaraosol


04-Solar-do-Unha-o-Divulgac-a-o.MAM-BA-copy

04.

Solar do Unhão, Salvador (BA)

Às margens da Baía de Todos-os-Santos, o Solar do Unhão é o refúgio perfeito para quem quer dar um tempo na energia que toma as ruas de Salvador no Carnaval. O conjunto arquitetônico que abriga a Capela de Nossa Senhora da Conceição, o Museu de Arte Moderna da Bahia, um restaurante e um cais privativo onde são realizados shows de jazz ao pôr-do-sol remete ao século XVI, quando o terreno foi legado a padres beneditinos.


05-cachoeira-grande-Divulgac-a-o.Eduardo-Coelho

05.

Cachoeira Grande, São Luiz do Paraitinga (SP)

A pequena São Luiz do Paraitinga, localizada no Vale do Paraíba, abriga um dos carnavais mais famosos do estado de São Paulo, que enche de cores o centro histórico e as ruazinhas de pedra da cidade. Mas se sua praia não for festa e nem arquitetura, não se preocupe. A cidade é cercada por cachoeiras incríveis, como a Cachoeira Grande, que fica a cerca de 20 quilômetros do centro de São Luiz. A queda d’água de quase 40 metros de altura ajuda a refrescar o calor intenso da região durante os meses de verão.