diversão & arte

Viaje neste jardim flutuante no Japão

Por Mariana Caldas -

Este jardim suspenso de tirar o fôlego é uma obra do TeamLab, um coletivo de artistas ultra-tecnológicos japoneses. A ideia é criar através da experimentação e inovação e tornar as fronteiras entre arte, ciência e tecnologia um pouco mais ambíguas.

“The Floating Flower Garden” é o mais recente trabalho do coletivo. E está fazendo tanto sucesso no Museu Miraikan, em Tóquio, que acaba de ter a sua exposição estendida por mais dois meses e agora vai até o dia 10 de maio.

Floating-Flower-Garden_pe

São 2300 flores vivas que compõe esta instalação inacreditável, e dançam conforme nos movimentamos no espaço. “Neste jardim flutuante interativo, os visitantes são imersos neste caminho flores e tornam-se parte do próprio jardim”, conta o TeamLab. “Quando um espectador se aproxima do jardim, as flores que estão mais perto começam a subir, criando um hemisfério com a pessoa em seu centro. Por mais que todo o espaço esteja preenchido com as plantas, um espaço está constantemente sendo criado e o visitante pode se movimentar livremente”.

Tradicionalmente, os jardins zen japoneses são os lugares onde os sacerdotes vão para tornar-se um com a natureza. E é exatamente esta a proposta deste jardim flutuante. Uma experiência de conexão e percepção através da tecnologia. “As flores e eu somos a mesma raiz, eu e o jardim somos um”.

Floating-Flower-Garden_06

Para saber mais sobre o TeamLab e sua mais recente obra, mergulhe em sua página oficial.
Floating-Flower-Garden_03
Floating-Flower-Garden_13

Saiba mais na página oficial:
www.artsy.net/artist/teamlab