tendência

Vida sem lixo: as lojas mundo afora que entraram na onda zero waste

Por Fabiana Corrêa -

A geógrafa Livia Humaire mudou de estilo de vida após fazer uma reforma em seu apartamento e ouvir da filha que não daria para morar ali, pois havia “muito lixo”. Preocupada com o assunto, começou a estudar possibilidades de levar uma vida gerando o mínimo de resíduos possível. Três anos depois, criou a Mapeei, uma loja voltada para quem quer reduzir a quantidade de lixo que gera em casa, no trabalho, na vida. "Quando decidi viver assim, passei a fazer meu shampoo, meu sabonete. Mas isso dá trabalho, tem como diminuir o lixo e ser mais prático hoje", diz Lívia. Por enquanto, a loja está em soft opening, funcionando aos finais de semana, das 14h às 20h, na rua Augusta, 1524. Lá, é possível comprar comida a granel (e moer grãos na hora para fazer farinhas), marmitas e garrafas de metal, embalagens duráveis para você ir ao mercado e não levar saquinhos de plástico para casa. E nada, nada de plástico. "Os derivados de petróleo não voltam para a natureza, não tem como reciclar", diz Lívia.

Lívia, à direita, com a sócia, Lori Vargas, na nova loja | Foto: Andre Stefano

Ela viajou o mundo visitando lugares e pessoas que fizeram a mesma opção, como a americana Lauren Singer, do blog Trash is for Tossers, que no ano passado abriu a loja Package Free, onde nada vem com embalagem, e a francesa Bea Johnson, precursora do movimento no mundo e autora do livro Zero Waste Home. "O principal da vida com menos lixo é a postura. Bea Johnson recomenda os 5Rs: recusar o que não precisamos (um canudo na padaria, por exemplo); reduzir o que se precisa; reutilizar o que se consome; reciclar o que for possível e fazer compostagem com o que sobrar (em inglês, o verbo é rot)".

Foram 5 países, 12 cidades e 24 lugares. Aqui, Lívia indica as lojas mais bacanas que conheceu em sua jornada zero waste mundo afora para que você conheça em suas próximas viagens. E dê uma mãozinha para manter o planeta mais limpo.

Lisboa

“A Maria Granel é a loja mais bacana de todas: uma mercearia só de comida orgânica a granel, tudo certificado. Mas, além de todos os grãos, castanhas, frutas e tudo o mais, tem produtos para reduzir o lixo em casa, como uma iogurteira de cortiça, um material super usado em Portugal.”
R. José Duro 22


Paris

“Não é comum encontrar restaurantes por quilo na cidade, mas a Simone Lemon criou esse bufê super bacana, com comida sofisticada, aproveitando os legumes e frutas locais que são rejeitados por outros restaurantes por serem ‘feios’, o que dá 40% dos alimentos produzidos na Île-de-France. Eu e meu marido juntos gastávamos só 12 euros para almoçar.”
30 rue Le Peletier, 75009 Paris

“A Maison Zéro Déchet é emblemática. A Bea Johson, fundadora, foi minha primeira referência no assunto. Tem uma pequena livraria, um café e uma mercearia onde se pode comprar alimentos e embalagens para levar ao mercado, de vidro ou tecido."
3 rue Charles Nodier 75018 Paris


Lyon

"A Mamie Marie é uma loja de produtos locais, orgânicos, contra o desperdício, por isso usa o mínimo de embalagens possível. Tem comida a granel, condimentos e cosméticos."
97 rue de Créqui 69006


Zurique

“A suíça teve um boom de produtos e lugares zero waste no ano passado, bem quando eu estava chegando por lá. O Foifi é um café que tem sua cadeia fechada, ou seja, tudo o que é usado não tem embalagem ou, se tem, é destinada corretamente e reaproveitada. E o que sobra da produção vira compostagem. Dá pra comprar alimentos para levar pra casa ou participar de workshops sobre consumo, redução de resíduos…”
Shipbuilding Route 9B


Berlim

“O Original Unverpakt é o primeiro supermercado do mundo a não usar embalagens. Tem limpador de dentes em comprimidos para substituir o creme dental, cotonetes com haste de bambu, produtos para compostagem, todo tipo de comida e tudo o mais que você procura em um mercado.”
Wiener Str.16


Wintertur

“O Bareware é um supermercado onde você encontra, tudo a granel, frutas, mel, temperos, grãos. Todos orgânicos, locais e embalados em papel reciclado. E também produtos interessantes, como um papel higiênico de fibra de bambu, super macio.”
Steinbergasse 29 in 8400


Nova York

“A Package Free, da Lauren Singer, é super importante para o movimento zero waste e abriu no ano passado. É focada em produto, nada de alimentos. Tem vários tipos de garrafas, shampoos, sabonetes, coisas para deixar a vida mais prática e evitar gerar lixo pra quem não tem tanto tempo. Comprei uma garrafa e um copo para café de fibra de bambu, que se decompõe na natureza. Fica no Brooklyn"
137 Grand Street