Vibes

Futebol, café, arquitetura, arte, noite… As melhores dicas para você se aventurar em Santos

Por
Fernanda Nascimento
Em
9 março, 2020
Em parceria com

A pouco mais de 70 Km de São Paulo, Santos reserva experiências mesmo para quem não gosta de cair no mar: de um museu dedicado ao café ao maior jardim de praia do mundo. Conheça!

Os sete quilômetros de praia conferem à Santos um clima despojado que só a brisa do mar é capaz de espalhar. Ele está nos enormes jardins que cercam a ciclovia da orla, nos casarões do Centro Histórico, nas ruas do Valongo, nas pistas de skate espalhadas pela cidade ou num fim de tarde no Emissário Submarino. Há muito a se explorar além da praia em Santos, distante em apenas 70 quilômetros de São Paulo. E as marcas ibis te ajudam a fazer as melhores escolhas na hora de se aventurar pela cidade mais pulsante do litoral paulista. Aperte o play e curta a leitura. Quer saber mais? Acesse dicas de viagem ibis.

Terraço do Edifício Parque Verde Mar, do arquiteto Artacho Jurado, na orla de Santos | Fotos: Thays Bittar

Edifício Parque Verde Mar

Nascido em São Paulo, o empreiteiro e arquiteto autodidata (ele sequer tinha diploma) João Artacho Jurado (1907-1983) também deixou sua marca em Santos. Considerado genial por alguns e aventureiro por outros, tinha um estilo bastante particular cujos projetos misturavam elementos do modernismo, do clássico e da art noveau e déco. Um dos cartões-postais de Santos é o Edifício Parque Verde Mar, construído na década de 50 na orla da praia. A 500 metros do hotel ibis Santos Gonzaga Praia (Av. Vicente de Carvalho, 50), o prédio tem todas as excentricidades de seu criador, como as curvas pronunciadas e cores fortes. Foi um dos primeiros em Santos a ter uma área de lazer com playground, salão de festas e jardim de inverno. Artacho também assina o Edifício Enseada, na Ponta da Praia. Na capital São Paulo, seus edifício estão entre os mais desejados, como o Cinderela, o Parque das Hortênsias e o Bretagne.

Museu do Pelé e Memorial das Conquistas

Pelé nasceu na cidade de Três Corações, em Minas Gerais, mas foi em Santos que ele se tornou o maior ídolo do futebol brasileiro. Neymar tampouco nasceu ali, mas ainda criança se mudou para a cidade que o revelou nos campos. Os dois jogadores fazem parte da história de Santos, contada no Museu do Pelé, no Centro Histórico, e no Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, na Vila Belmiro. A menos de 10 minutos de caminhada do hotel ibis Santos Valongo (R. Alexandre Gusmão, Praça Lions Clube, 420), o museu dedicado ao Rei foi criado em 2014 num histórico casarão restaurado no bairro do Valongo. Pelé também é homenageado no memorial do clube santista, que oferece uma visita guiada ao vestiário do estádio e à lateral do gramado.

Detalhe da entrada do Museu do Café, em Santos

Museu do Café

Há quase um século era inaugurado no Centro Histórico de Santos o Palácio da Bolsa Oficial de Café. Era ali, no prédio com vitrais do pintor Benedicto Calixto, que aconteciam as negociações que determinavam as cotações diárias das sacas de café. Os pregões foram realizados no edifício até o final da década de 1950, mas só em 1998 o espaço foi aberto para visitação e se tornou o Museu do Café, um dos principais pontos turísticos da cidade. Às terças, sextas, sábados e domingos, tours guiados levam pelos salões e pela exposição que retrata o período cafeeiro de São Paulo. Não deixe de passar na premiada Cafeteria do Museu, que serve bebidas quentes, geladas, drinks e até doces à base de café. 

Praça Palmares

Perto do canal 4, no bairro do Macuco, fica uma das pistas de skate mais tradicionais de Santos. Construído no início dos anos 1990, quando ainda existiam poucas pistas públicas pelo país, o espaço foi reformado há cinco anos depois de uma mobilização dos skatistas locais, que participaram do desenho do projeto. A Praça Palmares virou um ponto de encontro dos praticantes do esporte e era um dos lugares preferidos do Chorão, vocalista da banda Charlie Brown Jr. famoso por suas manobras. 

Emissário Submarino, em Santos, com escultura de Tomie Ohtake ao fundo: para marcar os 100 anos da imigração japonesa no Brasil, em 2008

Parque Municipal Roberto Mário Santini (Emissário Submarino)

Dá para fazer yoga, correr, andar de bicicleta, se aventurar na pista de skate ou assistir ao pôr do sol em cima da água. A plataforma do emissário submarino, um sistema de tratamento de esgoto com mais de 4 quilômetros mar adentro, se transformou em ponto turístico com a criação do Parque Municipal Roberto Mário Santini. Ali também foi instalada uma arquibancada e todo domingo é dia de música no Quebra-Mar, com apresentações sempre às 19h. Completa o cenário uma escultura da artista plástica Tomie Ohtake que amplifica o barulho do mar. 

Jardim da Orla, em Santos: no Livro dos Recordes como o maior jardim de praia do mundo

Jardim da Orla

Com mais de cinco quilômetros de extensão e uma área de 218 mil metros quadrados, o jardim da orla de Santos já foi parar no livro Guinness World Records como o maior jardim de praia do mundo. São mais de 900 canteiros de plantas, além de 1.700 árvores e palmeiras. O primeiro trecho foi construído em 1930, ganhou fontes e o Aquário Municipal na década de 40, mas só em 2003 o Jardim da Orla foi cortado por uma ciclovia e as áreas verdes remodeladas num formato curvo. No passeio por este que é um dos principais pontos turísticos de Santos ainda dá para encontrar mais de 30 estátuas e monumentos que homenageiam personagens ilustres da cidade.

Arapuka GastroBar, em Santos: happy hour a 600 metros do hotel ibis Budget Santos Gonzaga

A noite em Santos

Bar de drinks, de jogos ou de cervejas artesanais: o clichê “para todos os gostos” funciona bem por aqui. Os coquetéis, especialmente aqueles à base de gin, são a pedida do Arapuka GastroBar, onde o agito começa no happy hour a 600 metros do hotel ibis budget Santos Gonzaga (Av. Marechal Floriano Peixoto, 77). Já no Six Sports Bar, que vive cheio desde que abriu as portas em 2018, o esporte é a estrela da casa. Os jogos de futebol são transmitidos em telões e há uma área para jogar pôquer, além de um palco para shows. Quem prefere se aventurar pela noite com a brisa da praia pode escolher um dos quiosques Burgman – são quatro unidades à beira-mar que servem as cervejas artesanais da marca.


ibis hotels

Viajar em busca do sol e viver momentos inesquecíveis. Revelar destinos, conectar com a cultura local e falar de entretenimento, gastronomia e esporte. As paixões do The Summer Hunter são as mesmas da Accor, por isso este canal: para levar até você histórias e experiências marcantes pelo Brasil. Leia todos os posts aqui.