Vibes

A beleza natural está em alta?

Por
Júlia Flores

Ao passo que as correntes de aceitação estética ganham força na internet, a demanda por reversão de cirurgias plásticas — e a volta da beleza natural — começa a movimentar os consultórios.

Cada vez mais, especialistas recebem pedidos de reversão de cirurgia plástica em seus consultórios. Isso também pode ser notado nas redes sociais, onde perfis que informam sobre os riscos dos procedimentos estéticos e incentivam o explante de silicone vêm fazendo barulho. Entenda essa tendência, que vai na contramão das intervenções motivadas por filtros e modas de beleza.

Miss Beleza Digital

Tendências de beleza turbinadas pelas redes sociais ––– a exemplo dos “olhos de raposa” que viraram febre por causa da modelo Bella Hadid ––– e filtros que afinam o rosto e o nariz vêm sendo apontados como gatilhos para um aumento da procura de cirurgias plásticas por jovens. 

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica estima um aumento de 177% no número de procedimentos estéticos e reparadores realizados no país entre 2008 e 2018. Segundo a instituição, adolescentes de até 18 anos realizam cerca de 115 mil cirurgias plásticas por ano no Brasil, que ocupa o segundo lugar no ranking mundial de procedimentos estéticos, atrás apenas dos Estados Unidos.

Filtro real

Aumento de lábios e intervenções no ângulo da mandíbula e no nariz são os hits das plásticas
Créditos: Free Stocks / Pexels

“A realidade está muito distorcida, o paciente de 20 anos e o de 50 anos têm a mesma aparência nos vídeos”, explicou a dermatologista Gisele Saraiva, membro da Associação Brasileira de Dermatologia, ao The Intercept Brasil. Segundo ela, o aumento de lábios e intervenções no ângulo da mandíbula e no nariz são os hits.

Na contramão da beleza plastificada

Por outro lado, ao passo que os movimentos body positive –––– que incentivam pessoas a aceitarem seus corpos do modo que eles são, livres de cobrança e de padrões de beleza –––– ganham cada vez mais força nas redes sociais, os especialistas também vêm notando um aumento na demanda das reversões de cirurgias plásticas.

Movimento peito livre

Dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica mostram que 25 mil pessoas realizaram o explante no ano de 2020
Créditos: Miss Explante / Instagram

No Brasil, o explante do silicone é uma das cirurgias de reversão mais solicitadas. Dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica mostram que 25 mil pessoas realizaram a operação no ano de 2020. O índice é 31% maior do que o do ano anterior.

Esse movimento também tem feito barulho nas redes sociais, em perfis que compartilham informações sobre o assunto e fotos de mulheres que realizaram o explante. As atrizes Giovanna Antonelli e Cristiana Oliveira estão entre as celebridades que se livraram de suas próteses recentemente.

Muitas pacientes resolvem desfazer o implante por causa de possíveis efeitos colaterais causados pela prótese. Para conscientizar a população sobre os riscos desses procedimentos, o governo do Reino Unido lançou a campanha Save Face, que visa divulgar informações e dicas a respeito dos riscos de operações estéticas. A tendência é que outros sigam esse exemplo.

Créditos da imagem do abre: Pexels

abandono-pagina
No Thanks