Solar Places

Como aproveitar o melhor da Rota das Emoções

Por
Betina Neves
Em parceria com

Entre os Lençóis Maranhenses (MA) e Jericoacoara (CE), um show de paisagens para curtir em uma viagem de carro com a família.

Um dos roteiros mais lindos para se fazer de carro pela costa do Nordeste do Brasil, a Rota das Emoções fica ainda mais bacana se realizado com a família toda, especialmente na companhia de crianças e adolescentes. Com dunas a perder de vista, lagoas de água cristalina, mangues, coqueirais extensos e praias sem ninguém por perto, essa viagem é um banho de natureza litorânea. De quebra, há pousadas e restaurantes charmosos nos vilarejos pelo caminho. Tem mergulho até dizer chega nas lagoas dos Lençóis, passeio de barco no Delta do Parnaíba, cavalos-marinhos e peixes-boi nos arredores de Barra Grande, entre outras muitas possibilidades de diversão. Confira o roteiro que fizemos junto com a Jeep (@jeepdobrasil) e bora cair na estrada!

Parecem miragem

A primeira parada é Barreirinhas, a 250 km de São Luís (MA), base para conhecer os Lençóis Maranhenses. Ali, um mar de dunas protegido por um parque nacional é pontuado por lagoas azuladas como a Azul e a Bonita. Crianças também vão gostar do passeio de flutuação com boia no Rio Formiga, no povoado vizinho de Cardosa. 

Lençóis Maranhenses | Foto: Fabio Hanashiro/Unsplash

Pelos Lençóis

Um passeio de barco pelo Rio Preguiças com parada no bonito farol de Caburé leva até o vilarejo de Atins — vale se hospedar uma ou duas noites por lá para ver as lagoas vazias dessa parte do parque. 

Seguindo viagem

A cidade de Parnaíba (PI) fica a cerca de 180 km. A grande atração ali é o Delta do Parnaíba, labirinto de igarapés, ilhas e dunas no encontro do rio Parnaíba com o mar. De manhã, dá para fazer o passeio de barco com almoço na Ilha das Canárias e, de tarde, ver a revoada dos guarás no pôr do sol.

Esticada para o interior

Quem tiver tempo e quiser mais aventura pode fazer uma viagem bate-volta (ou com um pernoite) até o Parque Nacional de Sete Cidades (PI), a 150 km de Parnaíba, com formações rochosas impressionantes e pinturas rupestres antiquíssimas. De volta ao litoral, a próxima parada é Barra Grande (PI). À beira de uma bela praia enfeitada pelas pipas dos kites, o vilarejo tem boas opções de pousadas e restaurantes. Um passeio de canoa pelas proximidades leva até uma colônia de cavalos-marinhos de Camurupim.

Parque Nacional de Sete Cidades, no Piauí | Foto: Wikimedia Commons

Barrinha e além

Quem quiser variar o banho de mar pode conhecer as praias da vizinha Barrinha e da Ponta do Sardim. Também é possível visitar o Projeto Peixe-Boi Marinho de Cajueiro da Praia, dedicado à preservação da espécie.

Finalmente, Jeri!

Aqui é a ponta final da rota – é preciso deixar o carro no estacionamento na entrada do vilarejo de Jericoacoara (CE). Quem preferir ficar mais afastado do agito pode se hospedar em pousadas na Praia do Preá ou na Praia de Guriú.

Jericoacoara, no Ceará | Foto: Wikimedia Commons
Pedra Furada, em Jeri | Foto: Patricia Goya/iStock

Para se esbaldar

Curta os dias com o que Jeri tem de melhor, quem sabe com um mergulho na Lagoa do Paraíso, um rolê de quadriciclo até o Mangue Seco ou uma cavalgada em família até a Pedra Furada.


Aventuras em Família