Vibes

Lista: 5 capitais longe do mar para aproveitar o melhor do Brasil gastando pouco

Por
Fernanda Nascimento
Em
13 março, 2020
Em parceria com

Escolhas urbanas para se aventurar com economia em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte e Manaus.

Na falta de areia e sal, moradores e visitantes das capitais a seguir tem motivos de sobra para passar o tempo nas ruas, ao ar livre, fazendo festa e explorando cada pedacinho atraente entre um prédio e outro. É possível, e cada vez tem mais gente provando isso, ser feliz na orla do Guaíba, em Porto Alegre, na mureta da Rua Sapucaí em Belo Horizonte, nos jardins e parques de Curitiba, na movimentada Avenida Paulista, aberta para os pedestres aos domingos em São Paulo, ou garimpando iguarias regionais num mercado em Manaus. A seguir, o ibis budget te ajuda a fazer escolhas inteligentes (afinal, trata-se de uma rede de hotéis com tarifas econômicas), para viver uma grande aventura nas capitais brasileiras. De quebra, também convidamos nossos amigos mineiros da banda Lamparina e a Primavera para fazer uma playlist com novos artistas brasileiros pra embalar essas aventuras. Quer saber mais? Acesse dicas de viagem ibis.

Fim de tarde na Rua Sapucaí, em Belo Horizonte: bares no entorno e grafites nos horizonte | Foto: Rodrigo Ladeira

Belo Horizonte

Beagá vem se transformando numa velocidade impressionante, mas nem por isso as raízes da cultura mineira foram deixadas de lado. A maior prova disso é o Velho Mercado Novo (R. Rio Grande do Sul, 499, Centro), que há pouco mais de um ano foi reocupado por um antenadíssimo grupo de jovens empreendedores. A turma do Juramento 202 (R. Juramento, 202, Pompéia), um dos bares mais charmosos de Belo Horizonte e localizado numa esquina do pacato bairro da Pompeia, começou o movimento com o restaurante Cozinha Tupis, inspirado na gastronomia do próprio mercado. Aí veio o Café Jetiboca com sua seleção de grãos especiais da região de Orizânia, o queijo Canastra vendido na Laticínios Araújo… Em pouco tempo, o prédio até então esquecido e fora da rota dos turistas ganhou vida e virou parada obrigatória – e um punhado de negócios interessantes. Hoje já são 40 estabelecimentos. Ali do lado, a 5 minutos de caminhada do Hotel ibis budget Belo Horizonte Minascentro (Av. Bias Fortes, 783, Lourdes), fica o tradicional Mercado Central (Av. Augusto de Lima, 744, Centro), que segue sendo um ótimo lugar para comprar dezenas de tipos de queijos, um sem-número de cafés de qualidade excepcional e outras mineirices. Antes do pôr do sol, vá conhecer o Conjunto Arquitetônico da Pampulha (Av. Otacílio Negrão de Lima, Pampulha), uma série de edificações construídas nos anos 1940 ao redor da Lagoa da Pampulha. O projeto do arquiteto Oscar Niemeyer com jardins assinados pelo paisagista Burle Marx ganhou o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Guarde o fim de tarde para também apreciar a vista da Praça do Papa (Av. Agulhas Negras, s/nº) ou beber pela Rua Sapucaí. A tradição manda pedir um drink em um dos bares e restaurantes, como a Salumeria Central (R. Sapucaí, 527, Floresta) e o Dorsé (R. Sapucaí, 271, Floresta), e curtir o pôr do sol olhando para a Estação Central e seus prédio decorados com grafites de conhecidos artistas locais.

Fachada da Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre: fim de tarde cultural | Foto: Lau Baldo

Porto Alegre

A capital do Rio Grande do Sul pode não ter mar, mas é banhada pelas águas do Guaíba. Os cientistas ainda não chegaram a um consenso se ali fica um rio ou um lago, mas o que podemos afirmar com certeza é que é um dos melhores lugares para assistir ao pôr do sol na cidade. Na orla ficam prédios históricos como a Usina do Gasômetro (Av. Pres. João Goulart, 551, Centro Histórico), que está em processo de revitalização, e a Fundação Iberê Camargo (Av. Padre Cacique, 2000, Cristal), com um acervo de mais de 5 mil peças do pintor gaúcho. Se bater uma fome, o Mercado Público (Galeria Mercado Público Central, s/nº, Centro Histórico) está a 10 minutos de caminhada do Hotel ibis budget Porto Alegre (Av. Júlio de Castilhos, 516, Centro Histórico) e é o ponto de partida para se aventurar pelo Centro Histórico. Ali no entorno ficam a Casa de Cultura Mario Quintana (R. dos Andradas, 736, Centro Histórico), com uma extensa programação de exposições, shows e mostras de cinema, e o Theatro São Pedro (Praça Mal. Deodoro, s/nº, Centro Histórico), inaugurado em 1858. Se esticar até o Parque Farroupilha (Av. João Pessoa, s/nº, Cidade Baixa) aproveite a feira de rua que rola aos domingos, batizada de Brique da Redenção (Parque Farroupilha, Av. José Bonifácio, s/nº, Farroupilha), e termine o dia provando as carnes da Chica Parrilla y Bar (R. São Manoel, 141, Rio Branco). 

A Universidade Livre do Meio Ambiente, em Curitiba: passeio e estudos no bosque | Foto: Ricardo Perini

Curitiba

O mar está distante, é verdade, mas não falta natureza na capital paranaense. Uma das cidades mais arborizadas do Brasil, Curitiba tem mais de 30 parques e bosques. O mais famoso é o Jardim Botânico (R. Engº. Ostoja Roguski, s/nº, Jardim Botânico), com uma estufa de ferro e vidro inspirada no Palácio de Cristal de Londres e jardins e canteiros de flores espalhados pelos 178 mil metros quadrados de extensão. Um pouco mais distante do Centro, o Parque das Pedreiras (R. João Gava, s/nº, Pilarzinho) abriga a Pedreira Paulo Leminski e a Ópera de Arame, o edifício de teto transparente que recebe shows e espetáculos (fique de olho na programação para programar a visita). Outro espaço verde da cidade é a Universidade Livre do Meio Ambiente (R. Victor Benato, 210, Pilarzinho), um centro de estudos aberto com bosque, lago e uma vista linda. De lá, siga para o Museu Oscar Niemeyer (R. Mal. Hermes, 999, Centro Cívico), o prédio em formato de olho no Centro Cívico. Projetado pelo arquiteto que dá nome ao museu, tem no acervo peças de artistas como Tarsila do Amaral e Cândido Portinari. Depois é hora de conhecer Livraria Arte & Letra (R. Desembargador Motta, 2011, Centro), que dispensa ao seu café o mesmo cuidado que tem com a curadoria dos livros nas estantes. Para terminar bem o dia, o bar e restaurante A Ostra Bêbada (R. Des. Ermelino de Leão, 95, Centro) tem mesinhas na calçada para comer frutos do mar fresquíssimos e fica a 10 minutos de carro do Hotel ibis budget Curitiba Centro (R. Mariano Torres, 927, Centro).

Térreo no edifício Copan, no Centro de São Paulo: restaurantes e barees como o Dona Onça, Orfeu e Fel movimentam a calçada | Foto: Gabriel Cabral

São Paulo

A capital paulista tem ganhado cada vez mais vida graças à uma turma de empreendedores que ocupa a cidade com música, cultura e gastronomia. Em um de seus principais cartões-postais, o Museu de Arte de São Paulo (Masp) (Av. Paulista, 1578, Bela Vista), se instalou o MIRA, um espaço multicultural que agita a escadaria atrás do vão do museu com restaurante, bar, café e festas com DJs. Aproveite os domingos, quando a Avenida Paulista está fechada para os carros, para explorar a região, que tem como vizinhos os hotéis ibis budget São Paulo Paulista (R. da Consolação, 2303, Consolação) e ibis budget São Paulo Jardins (Av. Nove de Julho, 3597, Jardins). O mesmo movimento de transformação chegou ao Copan (Av. Ipiranga, 200, República), o edifício projetado por Oscar Niemeyer nos anos 1950. Dá para comer uma “galinhada modernista” no Bar da Dona Onça, instalado no térreo do prédio, beber um drink no Fel ou uma cerveja no agito do bar Copanzinho e do Orfeu. Ainda no Centro, a 10 minutos de caminhada do Hotel ibis budget São Paulo São João (Av. São João, 1140, Campos Elíseos), está A Casa do Porco (R. Araújo, 124, República), o premiadíssimo restaurante de Jefferson Rueda. Não precisa ir muito longe para encontrar os cafés e lojinhas descoladas que abriram as portas na esquina seguinte, na Rua Major Sertório. Também ali está o badalado Tokyo 東 京 (R. Maj. Sertório, 110, Vila Buarque), que ocupa um prédio histórico de 9 andares com festas no terraço e salas de karaokê para fechar a noite olhando São Paulo do alto.

Mercado Adolpho Lisboa, em Manaus: comidas e artesanato típicos | Foto: Tadeus Rocha

Manaus

Cercada pela floresta e pelos rios Negro e Solimões, Manaus transpira cultura. O Teatro Amazonas (Lgo. de São Sebastião, s/nº, Centro), um dos principais cartões-postais da cidade, guarda toda a imponência dos tempos áureos da economia da borracha e tem uma extensa programação, além de oferecer visitas guiadas. Instalado em um casarão centenário do outro lado da rua está o Caxiri (R. 10 de Julho, 495, Centro), um dos melhores restaurantes para experimentar peixes como o tambaqui. O Banzeiro (R. Libertador, 102, Nossa Sra. das Graças), a 10 minutos de carro do Hotel ibis budget Manaus (Av. Djalma Batista, 1151, Chapada), foi outro endereço que ajudou a projetar a culinária amazônica na cena gastronômica brasileira. Os sabores da região também estão no Mercado Adolpho Lisboa (R. dos Barés, 46, Centro), com centenas de produtos regionais e artesanato local. Para aplacar o calor, tire algumas horas para relaxar no flutuante Abaré SUP and Food (Rua dos Missionários, s/nº, Rio Tarumã Açu), que aluga caiaques e pranchas de stand-up paddle (na foto que abre este post). Outra maneira de conhecer os rios manauaras é pegando um barco para ver o Encontro das Águas, fenômeno que acontece na confluência entre o rio Negro, de água preta, e o Solimões, de água barrenta. Termine o dia ouvindo música ao vivo no Bar do Armando (R. 10 de Julho, 593, Centro). Há 60 anos servindo uma cerveja geladíssima, a casa foi declarada Patrimônio Cultural Imaterial do Estado.

Onde se hospedar em

BELO HORIZONTE
Hotel ibis budget Belo Horizonte Minascentro. Av. Bias Fortes, 783, Lourdes.

CURITIBA
Hotel ibis budget Curitiba Centro. R. Mariano Torres, 927, Centro.

MANAUS
Hotel ibis budget Manaus. Av. Djalma Batista, 1151, Chapada.

PORTO ALEGRE
Hotel ibis budget Porto Alegre. Av. Júlio de Castilhos, 516, Centro Histórico.

• SÃO PAULO
 Hotel ibis budget São Paulo Paulista. R. da Consolação, 2303, Consolação.
Hotel ibis budget São Paulo Jardins. Av. Nove de Julho, 3597, Jardins.
Hotel ibis budget São Paulo São João. Av. São João, 1140, Campos Elíseos.

Foto de abertura: Abaré SUP and Food, em Manaus | Crédito: Tadeus Rocha

ibis budget

Viajar em busca do sol e viver momentos inesquecíveis. Revelar destinos, conectar com a cultura local e falar de entretenimento, gastronomia e esporte. As paixões do The Summer Hunter são as mesmas da Accor, por isso este canal: para levar até você histórias e experiências marcantes pelo Brasil. Leia todos os posts aqui.