Places

Ilhéus: fazendas de cacau, Jorge Amado e doses de decadence avec elegance

Por
Adriana Setti
true

Fazendas de cacau, o universo de Jorge Amado e doses de decandence avec elegance: olhe com carinho pra essa cidade histórica antes de seguir rumo à Península de Maraú ou Itacaré.

Ilhéus viveu dias de glória no ciclo do cacau a partir do fim do século 19 , sucumbiu à decadência com a praga que dizimou a lavoura e, depois de décadas de decadência, vem recobrando aos poucos o fôlego com o novo hype do chocolate brasileiro. É um convite a viajar pelo universo de Jorge Amado, explorar o patrimônio histórico e visitar fazendas.

ESPORTES
bike / surf / remo

NATUREZA
praia / mangue / mata atlântica

ROLÊS
história e cultura

BOM PRA
pit-stop a caminho de Maraú ou Itacaré

MELHOR ÉPOCA
o ano todo

Rola visitar a “terra das cachoeiras” o ano todo, mas as atrações variam conforme o regime de chuvas. A grosso modo, chove mais no primeiro semestre, quando as cachoeiras ficam com mais volume de água (às vezes, o banho pode ser perigoso) e as piscinas naturais desaparecem. Já no segundo semestre, as quedas vão ficando mais suaves, as piscinas afloram e as trilhas ficam mais secas.

Ilhéus, Bahia
Foto: Gabriel Carvalho / Turismo Bahia / Wiki Commons

Salve Jorge

Bar Vesúvio, Ilhéus, Bahia
Casa de Cultura Jorge Amado, Ilhéus, Bahia
Estátutua de Jorge Amado, Ilhéus, Bahia

Se a obra de Jorge Amado faz parte do seu DNA cultural, você vai sentir um calorzinho no coração ao visitar o museu Casa de Cultura Jorge Amado, onde o escritor passou a infância. Também ficará feliz em saber que o lendário Bar Vesúvio, tão presente em Gabriela, Cravo e Canela, ainda existe, bem como o antigo cabaré Bataclan, que também funciona como restaurante e faz visitas guiadas.

Cabaré Bataclan, Ilhéus, Bahia

Centro histórico

Igreja Matriz de São Jorge, Ilhéus, Bahia
Catedral de São Sebastião, Ilhéus, Bahia

É muito louco ver as fachadas decaídas do centro de Ilhéus e imaginar como era a cidade toda-poderosa no auge do ciclo do cacau. Vale flanar sem pressa, passando pela Igreja Matriz de São Jorge, do século 16, pela centenária Catedral de São Sebastião e pelo Mirante do Canhão. Pare no Badauê pra ouvir um vinil, tomar um café e ler um livro.

Chocoturismo

Conduru, Ilhéus, Bahia
Dengo Origem, Ilhéus, Bahia

Uma das boas novidades dos últimos anos, a Dengo Origem proporciona uma das experiências mais bacanas de turismo em torno da cacauicultura. Na fazenda Conduru, você acompanha todas as etapas da fruta do pé ao chocolate, fechando com uma degustação. Tem um bom restaurante comandado pela chef Déia Lopes e loja da Dengo.

Fazenda, Ilhéus, Bahia

Yrerê — Nessa bonita fazenda secular você conhece a história da cidade, aprende como o cacau é cultivado e processado, prova a fruta de várias formas e, claro, degusta o chocolate local.

Fazenda Provisão — Mais uma opção pra ver de perto como o cacau se transforma em chocolate.

Chocolate Caseiro de Ilhéus — Pra comprar e degustar chocolates artesanais direto da fábrica.  

Onde comer

Maróstica, Ilhéus, Bahia
Maróstica
3 barcaças, Ilhéus, Bahia
3 Barcaças

Maróstica — Massas, carnes e outras receitas italianas, pra dar um tempo do dendê.

Péricles — Os picolés e sorvetes mais gostosos da cidade.

Delicious Pub — Pra curtir música ao vivo e tomar umas.

3 Barcaças — Tap room pra provar a premiada cerveja artesanal produzida na região.

Onde ficar

Hotel Green 53, Ilhéus, Bahia
Green 53
Hotel Green 53, Ilhéus, Bahia

Pousada dos Hibiscus — Bem posicionada com o pé na areia da Praia do Sul, tem piscina, jacuzzi e quartos com vista pro mar. 

Green 53 — Colorido, agradável e com café da manhã bem caprichado, no centro histórico. 

Pousada Praia Bela — Fica ao sul do centro, na Praia dos Milionários, e tem uma bela piscina.

Crédito da imagem de abertura: Denise Mayumi / Wiki Commons

abandono-pagina
No Thanks