People

Gabriela Amorim: alegria magnética que enche os olhos

Por
Rafaela Mercaldo
Em
19 agosto, 2019
Em parceria com

As cores do Carnaval do Recife e Olinda, a pulsação das ruas, cores e gente tão diferente. Quando volta ao seu espaço criativo, a artista recifense Gabi Amorim (gabrielaaamorim) reúne referências que vão de Cícero Dias à Cartoon Network, num mix que entrega um estilo delicioso de ver. Sua ilustração para a LIVO tem energia, humor e entrega um sorriso de qualquer um que vê. Alegria magnética que enche aos olhos.

Quando se deu conta que tinha veia criativa?

A aula de artes era a minha preferida, mas acho que quando conheci pessoas que trabalhavam de verdade com isso, percebi que meu primeiro compromisso como alguém que cria, tinha que ser comigo mesma, só eu posso me levar a sério.

Quais foram seus primeiros contatos com os desenhos e a ilustração?

Eu sempre gostei muito de desenho animado. Acho que as minhas primeiras referências visuais vieram do universo do Cartoon Network e da Nickelodeon no começo dos anos 2000, que é demais né? A Vida Moderna de Rocko, Sheep na Cidade Grande, Coragem o Cão Covarde, e por aí vai…

E quais foram os primeiros e também os mais importantes projetos profissionais?

Acho que uma série de desenhos que fiz sobre o Carnaval de Recife e Olinda que foram publicados no catálogo Ibero Americano de Ilustração, foi bem legal de fazer. Fora isso curto muito fazer cartaz de filme e ilustrações para produtos também.

gabriela-amorim-livo-inquietos-3

Como define seu estilo?

Eu não tenho um estilo específico. Gosto de pensar em cada projeto por si só, em que materiais usar e como construir uma linguagem gráfica para aqueles materiais.

Você costuma ter um tema principal ou recorrente?

Não é um tema recorrente, mas gosto muito de trabalhar com cor, acho que tudo que eu faço acaba sendo bem colorido.

Quais são suas grandes inspirações na hora de criar?

Acho que me permitir pensar um pouco sobre o que eu estou fazendo e onde eu quero chegar com isso, ajuda o processo a fluir.

Quem gosta de citar como referências?

Acho que sou eternamente influenciada pelos primeiros desenhos que achei incríveis, muita coisa de Cícero Dias, Abelardo da Hora…

O que é indispensável te acompanhar na hora que está criando?

Espaço!

Conta um pouco pra gente sobre o trabalho escolhido pra circular na plataforma da LIVO?

Foi um trabalho que amei fazer, acho que as meninas que desenhei me lembram, na verdade, pessoas que eu via na rua, uma representação gráfica de diversidade de estilos.

gabriela-amorim-livo-inquietos-2


Livo Eyewear

A LIVO acredita no poder das conexões. Que boas ideias são transformadoras. E que o mundo é colaborativo. Por isso, criou o canal "Aos Inquietos", junto com o The Summer Hunter, para contar quem são os criativos que estão circulando arte sob um novo ponto de vista. Onde? Nas flanelas que acompanham todos os óculos da LIVO é possível ver os trabalhos de gente criativa e inquieta. Gente de talento e visão. Vem ver. Leia todos os posts aqui.