Vibes

07 guias de viagem pra você curtir o melhor do verão – e de outras estações – pelo mundo

Por Laura Cesar -

Viajar é ter a oportunidade de conhecer novos sabores, costumes, paisagens e, mais importante, de se conectar com pessoas que tornam cada destino único. Mas se fugir das ciladas turísticas e mergulhar de corpo e alma na identidade cultural de um lugar nem sempre é uma tarefa fácil, os guias de viagem tradicionais, daqueles de papel e tinta, ainda são as melhores opções pra você planejar sua próxima aventura. Produzidos por equipes de jornalistas e designers experientes, esses guias trazem uma curadoria afiada em assuntos como design, gastronomia, arte e compras, com direção de arte esmerada, mapas envolventes, edição de fotografia cuidadosa, roteiros com endereços pouco conhecidos e entrevistas e recomendações de personagens locais. De quebra, também servem como ótimos objetos de decoração na prateleira do quarto ou na mesa da sala de estar. Aqui, a nossa seleção com os melhores guias de viagem pra curtir o verão – e também o outono, o inverno e a primavera – ao redor do mundo.

Cereal City Guides

As capas minimalistas dos guias impressos da revista britânica Cereal trazem um recheio com mais de 200 páginas com informações do que fazer em destinos como Paris, Nova York, Londres, Los Angeles e Copenhage. Em cada edição, além de indicar 30 lugares selecionadíssimos que valem a visita, o Cereal City Guide traz também entrevistas e ensaios com personagens locais, fotografias exclusivas, mapas ilustrados e itinerário de um dia ara aproveitar o melhor de cada cidade. Custa cerca de 18 dólares cada.


Petite Passport

As dicas insiders de Pauline Egge, fundadora do site de viagem Petite Passport, estão hoje compiladas em oito guias (19,99 euros cada, a versão impressa; e 14,99 euros cada, para download em PDF) de Paris, Nova York, Londres, Lisboa, Amsterdã, Barcelona, Berlim e Copenhage. Neles, a jornalista apaixonada por design seleciona os endereços mais charmosos de cada capital – entre restaurantes, bares e hotéis – que todos devem visitar, especialmente os amantes de arquitetura. E o mais interessante é que Pauline sempre justifica as suas escolhas dando três motivos pelos quais os lugares são imperdíveis, e aponta suas localizações em mapas criativos.


Lost iN

Do design ao conteúdo, os guias da Lost iN (10 euros) se parecem muito com as revistas independentes que já falamos aqui – são modernos, coloridos e mesclam reportagens ousadas em diferentes formatos. O grande diferencial é que toda a curadoria de conteúdo é feita por artistas e jornalistas locais que colaboram com entrevistas, ensaios pessoais, recomendações de lugares nada turísticos, além de escreverem resenhas de livros, músicas e filmes pra sentir um pouco da cultura do local. A coleção da Lost iN já conta com mais de 18 destinos, entre eles Ibiza, Varsóvia e Viena. Se preferir, há também um app com todos os guias online.


Monocle

Além de ser revista, rádio, site e até loja física e café na Europa e Ásia, a Monocle também edita guias de viagem super completos – são mais de de 30 cidades, incluindo Rio de Janeiro, Milão, Melbourne e Hong Kong. Da rota ideal para uma corrida matinal às ruas mais legais pra sair à noite, os Monocle Travel Guides trazem os melhores lugares pra curtir cada destino longe dwe ciladas turísticas. São 148 páginas com roles para todos os gostos. Cada edição custa 18 euros.


CITIx60

Em cada edição, o CITIX60 (12 dólares cada) seleciona 60 lugares – entre galerias de arte, lojas, mercados, restaurantes e festas – que são adorados por 60 locais conhecidos pelas suas realizações em áreas da arquitetura, fotografia, moda, gastronomia, música e publicidade. Produzido e vendido pela Victionary, esses guias possuem ótimo tamanho para serem carregados na bolsa enquanto passeia pelas novidades indicadas nele em destinos como Vancouver, Singapura, São Francisco e Barcelona.


Wildsam

Os guias da Wildsam são certeiros para quem quer conhecer alguns dos destinos mais incríveis dos Estados Unidos. Do norte ao sul do país, o Wildsam já passou por cidades como Detroit, Nashville, Denver e Austin, sempre elencando o que há de mais autêntico em cada uma dessas cidades. Traz desde entrevistas com personagens inpiradores até roteiros selecionados pra explorar os lugares como um local. No site oficial, é possível comprar cada edição por 20 dólares.


City Cycling

Barata, independente e sustentável – explorar as grandes metrópoles do mundo de bicicleta pode ser mais prazeroso do que parece. E para ajudar os entusiastas do ciclismo a pedalarem por Los Angeles, Amsterdã, Copenhage, Nova York, Berlim, Barcelona, Londres, Milão, Paris e Antuérpia com mais segurança, a incrível marca de roupas Rapha se juntou a editora Thames & Hudson para co-criar o City Cycling , guias de bolso práticos com locais, rotas e o know-how necessário para os viajantes em duas rodas. Todos são simples, bonitos e em conta. Aproveita que alguns deles estão com desconto no site, de 7 por 2 dólares cada.