Vibes

O misticismo d’O Vento, de Caymmi, ganha releitura do DJ e produtor baiano Ubunto

Por
Júlia Flores

Na nova versão, clássico lançado em 1949 tem participação elegante do coral das Ganhadeiras de Itapuã.

O baiano Ubunto lança, nesta quinta (11), uma versão de O Vento, música composta e imortalizada por Dorival Caymmi (1914-2008) em 1949. A releitura conta com participação das Ganhadeiras de Itapuã, tradicional coral de lavadeiras da Lagoa do Abaeté, em Salvador, e é a primeira canção do novo álbum Abafabanca, a ser lançado pelo músico, DJ e produtor em setembro.

“Tenho uma relação especial com essa música. Primeiro porque Caymmi é uma personalidade muito presente no bairro de Itapuã e fez parte das minhas memórias de infância”, diz Ubunto. “Além disso, quando eu era bebê, meu pai me botava pra dormir com O Vento“, afirma.

O dj e produtor Ubunto
Ubunto durante gravações de seu novo disco “Abafabanca” | Foto: Victor Takayama

Quase 75 anos depois, a potência da obra ainda impacta seus ouvintes. “É uma canção mística. Quando Dorival começa a assoviar nos primeiros acordes, sinto o vento se aproximar. Eu sempre achei que devia fazer uma versão e só conseguia imaginar um coro das lavadeiras cantando ‘Vamos chamar o vento…’”, comenta Ubunto, referindo-se à participação das Ganhadeiras (você confere um teaser dessa participação no vídeo ao final da matéria).

Sobre o novo álbum, o inquieto Ubunto, cujo nome de batismo é João Gabriel Pereira, revela que começou a produzir Abafabanca no primeiro ano da pandemia, em 2020. “No começo, a ideia era fazer um disco mais focado no trabalho de grandes artistas que eu já produzi… mas o projeto mudou, depois do isolamento, quando as pistas voltaram, decidi fazer o Abafabanca, que é mais autoral e resgata diversas das minhas influências musicais. Trouxe bastante afro-pop dos anos 90, além de ritmos regionais que sempre estiveram presentes nas minhas releituras. Em resumo: é um álbum pra eu tocar e pra galera curtir”.

Uma boa oportunidade para ver e ouvir Ubunto ao vivo é no MECAInhotim, festival que acontece no próximo fim de semana, de 12 a 14 de agosto, no maior museu a céu aberto do mundo, em Brumadinho (MG). Caetano Veloso, Alceu Valença, Boogarins, Bala Desejo, Fernanda Takai e Majur, estão entre as atrações do MECAInhotim.

O produtor musical Ubunto durante gravação de seu novo disco
Ubunto no estúdio durante gravação de Abafabanca | Foto: Victor Takayama

E curtição é o que não falta nas pistas deste Brasil, ainda mais no verão. O desejo de Ubunto para a próxima estação mais solar do ano? “Que todos entendam que música eletrônica e música brasileira não têm diferença, é uma coisa só. Quero que meu disco toque em todo lugar: de uma pista em Balneário Camboriú a um festival de música do interior da Bahia. Espero que o álbum circule sem barreiras”. Sem barreiras e livre, assim como o vento.

Confira teaser das gravações da música:

“São Loures” é como Maria do Xindó, lavadeira de Abaeté, chama São Lourenço, santo católico | Vídeo: Iago Cordeiro Ribeiro
abandono-pagina
No Thanks