Vibes

O que acontece com o corpo quando você está em um emprego ruim

Por
Adriana Setti

Como se proteger do desgaste de um trabalho tóxico se você depende dele para pagar os boletos.

Chefes sem noção e pouco empáticos, salários indignos, horários abusivos, cronogramas inviáveis, seres, falta de perspectiva: você O-D-E-I-A o seu emprego. Entenda como esse desgaste no trabalho pode afetar sua saúde física e mental.

Crédito: Unsplash

Doentes por trabalho

Para redigir o livro Dying for a Paycheck: How Modern Management Harms Employee Health and Company Performance, Jeffrey Pfeffer, da Faculdade de Administração de Standford, entrevistou trabalhadores de diferentes áreas.

Resultado: 61% revelou já ter adoecido por causa da labuta.

Problema de saúde pública

A mesma pesquisa apontou que problemas de saúde relacionados à má gestão humana das empresas são responsáveis por até 130 mil mortes anuais.

Estamos, literalmente, nos matando de trabalhar.

Por isso, é preciso ficar atento para esses sinais do corpo e da mente:

Ilustração: Eduardo Gayotto

Sono perturbado

Um dos sintomas mais fáceis de identificar é a dificuldade de pegar no sono. Um emprego estressante e/ou abusivo torna mais complicado desconectar das obrigações e cobranças, mesmo quando estamos fora do horário útil — e não é raro que as listas de pepinos acumulados nos atormentam à noite.

Cabeça latejando

A dor de cabeça é outra consequência frequente de um trabalho tóxico. Segundo a Associação Norte-Americana de Psicologia, quando relacionamos nosso local e atividade profissional a algo negativo, contraímos nossos músculos, incluindo os da região do ombro e pescoço, podendo gerar enxaquecas.

Outras áreas do corpo também podem doer.

Como sair de um trabalho estressante
Ilustração: Eduardo Gayotto

Tesão em queda e cansaço eterno

A mesma entidade conduziu estudo que concluiu que sacanagens de chefes e/ou colegas e outras situações desagradáveis afetam nossa saúde mental.

Além disso, podem prejudicar a libido, desregular o apetite, provocar dores estomacais e causar uma sensação de fadiga permanente.

Pra sair dessa, uma das atitudes que você precisa tomar o quanto antes é encontrar uma maneira de desconectar e relaxar.

Como fugir de um trabalho ruim
Ilustração: Eduardo Gayotto

Fazer uma atividade física, meditar, encarar os obstáculos de uma maneira mais positiva e manter uma vida social ativa fora do ambiente de trabalho ajudam a amenizar os golpes de uma rotina profissional difícil.

Se nada disso funcionar, faça tudo o que estiver ao alcance para poder vazar.

Crédito da foto do abre: Pexels

 

abandono-pagina
No Thanks