Places

Um guia pra você aproveitar Cumuruxatiba, na Bahia

Por
Adriana Setti

Cumuruxatiba, um cantinho não gourmetizado do sul da Bahia pra dormir na rede, ficar descalço e esquecer os problemas do mundo.

O sul da Bahia nunca precisou de gim-tônica com pimenta rosa e beach clubs pra ser o melhor lugar do mundo. E a prova disso é “Cumuru” (Cumuruxatiba), um distrito do município de Prado perfeito pra quem não quer ver e nem ser visto. Tem mar azul, clima de verão, dendê, pousadinhas simpáticas pé na areia e sossego. O que mais você quer da vida?

No vai e vem da maré

Créditos: Jonathan Wilkins

Protegida por um arrecife, a praia do vilarejo tem piscinas mornas na maré baixa e barracas com infra. Mas também dá pra mergulhar no sossego total se hospedando ou passando o dia nas praias dos arredores, acessíveis com lindas caminhadas (maré baixa) ou por estradinhas de terra.

Bahia zen

Créditos: Nath Dothling

Rumo ao norte, o sossego vai se instalando: Rio do Peixe, Praia do Moreira, Imbassuaba, Barra do Cahy… Na direção sul, vale ver a de Japara Grande.

Créditos: Djair Soares

Prado é a base de lançamento para conhecer o Parque Nacional Marinho de Abrolhos. Até dá pra fazer um (longo) bate e volta até lá com batismo de mergulho, mas o rolê é bem mais interessante pra quem já é experiente no mergulho com cilindro — nesse caso, vale mais fechar um liveaboard com pernoite do que ir e voltar no mesmo dia. A Horizonte Aberto e a Abrolhos Embarcações fazem esses passeios.

O show das gigantes em Cumuruxatiba

Créditos: Marina C. Vidal

O passeio de barco mais imperdível pra quem não mergulha com cilindro rola de julho e outubro, quando é possível observar de perto as poderosas baleias jubarte, que passam por essa região do litoral brasileiro pra procriar no mar quentinho.

Corumbau é logo ali

Créditos: Luciano Daniel

Se a ideia for mudar um pouco de ares, a linda Ponta do Corumbau é um destino pop de passeios de barco pra quem está em Cumuru — de carro, é preciso dar uma volta imensa. Na maré baixa, a praia atinge um dos tons de azul mais bonitos da Bahia. Barracas pé na areia fazem um arroz de polvo responsa.

Onde ficar em Cumuruxatiba

Pousada Ingá l Créditos: Divulgação
Pousada Areia Preta l Créditos: Divulgação

No vilarejo, pé na areia, a Areia Preta tem um gramadão gostoso, piscina e quartos simples e amplos. Outra boa pedida por ali é a charmosa Villa Cumuru. Pra ficar imerso no sossego, há boas pousadas na praia do Rio do Peixe, como a Ingá , a Maré e a Mandala.

Onde comer em Cumuruxatiba

Restaurante Mama África l Créditos: Reprodução
Restaurante do Hermes l Créditos: Reprodução

No quintal aconchegante da casa dos donos, o Cores e Sabores serve boas moquecas, assim como o Restaurante do Hermes. A vista já vale a visita ao Catamarã, famoso pelo arroz de polvo. No Mama África, os sabores da Bahia encontram influências da África e da Ásia. Pra um PF saradão, vá ao Samburá Duzé.

abandono-pagina
No Thanks