Solar People

Rosalina, a vovó de 86 anos que virou influencer no TikTok

Por
Fernanda Nascimento
Em parceria com

Aos 86 anos, a aposentada de Londrina (PR) se fantasia, dança e dubla hits pops para os mais de 700 mil seguidores que ganhou na quarentena: “Nunca tinha usado o celular e agora estou no meio da internet”.

Vestindo um casaco esportivo, boné virado para trás, corrente de ouro, com um bigode pintado no rosto e uma panela simulando a mesa de DJ, Rosalina Bortolassi dubla os versos do funk “Hoje vai ter baile na favela / vou ficar loucão mais uma vez / bigodin finin / cabelin na régua”. Seus mais de 700 mil seguidores enchem seu perfil no TikTok de likes e comentários. “Quero chegar na minha velhice assim”, escreve um deles. É que Rosalina não é uma blogueira comum. Aos 86 anos, ela se fantasia, dança e interpreta hits do funk, sertanejo e pop — tudo orquestrado por sua neta caçula, Taikna, 23, que está fazendo companhia para a avó durante a quarentena. Antes da pandemia obrigá-la a se isolar na chácara da família, em Londrina, no Paraná, Rosalina fazia seu crochê ouvindo músicas religiosas e não tinha ideia o que era esse tal de TikTok. “Nunca tinha usado o celular, não conhecia nada disso. E agora estou no meio da internet”, ri.

Fotos: Reprodução

“Eu estava muito triste com essa quarentena, triste mesmo”, conta. “Aí a Taikna falou: vó, vamos fazer uma brincadeira para a senhora ficar mais alegre?”. Em meados de abril, a neta colocou uma música para tocar, ligou a câmera do celular e o resultado foi parar no grupo da família, dos amigos e, sem qualquer pretensão, nas redes sociais. Mas assim que Rosalina chegou na internet, os “netinhos”, como ela chama seus seguidores, quiseram mais. “Foi muito rápido, bombando cada vez mais”, conta Taikna, que logo deu o nome da avó ao seu perfil na rede e a levou também para o Instagram. “Ela recebe muitas mensagens de carinho dizendo que sua história é uma inspiração”.

Fotos: arquivo pessoal

Nos vídeos de 15 segundos do TikTok, a aposentada encena ao pé da letra os versos das músicas usando objetos que elas encontram pela casa. Vale vassoura, rodinho de pia, boia de piscina ou as almofadas do sofá. “Antes a gente demorava 10 minutos para gravar, mas a vó começou a gostar, eu também, e fomos aperfeiçoando. Agora estamos colocando mais detalhes e chega a levar 1 hora para fazer um vídeo de 15 segundos”, conta a neta, que comprou até uma peruca para dar mais graça aos figurinos. Nas últimas semanas, a vovó também se lançou nos tutorais e já ensinou os “netinhos” a fazer pipoca com leite em pó, esfoliante caseiro e camisetas tie dye. “Tô me sentindo no céu, é a coisa mais gostosa da minha vida”, diz Rosalina.

@vorosalina

Fala se não é linda de mais ❤️

♬ Me adota (Participação especial de MC Mirella) – Sandro e Cícero

“Não vou falar que eu sei dançar, gosto de cantar”, conta a aposentada, que por mais de duas décadas fez parte do coral da igreja, enquanto balança os braços para a câmera. Taikna garante que a desenvoltura e o carisma da avó é o que atrai tantos seguidores, comemorados com festa pelas duas a cada marca — a próxima será de um milhão. Sempre doce e com um sorriso no rosto, Rosalina não sabe explicar o tamanho de seu sucesso na internet: “Pode ser meu jeito, pode ser que as pessoas simpatizaram comigo. Eu não sei por que, só posso agradecer a todos os meus netinhos”.

Rosalina e a neta Taikna: reconexão familiar na quarentena

“Eu consigo perceber a mudança que isso trouxe. Ela se sente importante, tem um valor na sociedade”, diz Taikna. “É muito bom fazer essa história com a minha avó”. Elas ainda não sabem como vão gravar os vídeos quando voltarem as aulas da faculdade de Taikna em outra cidade, mas de uma coisa têm certeza: a vó Rosalina veio para a internet para ficar. “Eu tô gostando demais, fiquei mais alegre”, diz a aposentada. “Acho que não dá mais pra sair disso, não!”

@vorosalina

##comedia ##engracado ##risos ##funk @mcjacare

♬ Comprei um Lança – Mc Jacare

Histórias de Conexão

Se reinventar não é fácil, mas pode ser transformador. Aqui você encontra histórias inspiradoras de pessoas de diferentes partes do Brasil que por meio de conexões — sentimentais e da internet — transformaram suas vidas nesse período. Porque fortalecer laços com quem se ama nunca foi tão importante e necessário. Leia todos os posts aqui.