Vibes

Uma seleção de novos skateparks prova que o esporte vive a sua melhor fase no Brasil

Por Laura Cesar -

Já faz um tempo que o Brasil é local de descoberta de grandes talentos do mundo do skate. Nos últimos anos, no entanto, assistimos o esporte brilhar – dentro e fora das competições – de maneira mais intensa. Além de ter um time de peso de atletas se preparando para a estreia da modalidade nos Jogos Olímpicos de 2020, no Japão, nunca se viu tantas skatistas brasileiras botando pra quebrar em pistas internacionais. Yndiara Asp, Letícia Bufoni, Pamela Rosa e Rayssa Leal, que com apenas 11 anos acaba de se tornar a mais jovem atleta a vencer uma etapa da Street League Skateboarding, são apenas alguns dos nomes em destaque.

No cenário nacional, o esporte se difunde em skateparks que oferecem bem mais do que boas pistas. O que eram apenas espaços pra testar as habilidades em bowls, miniramps e corrimões, são hoje complexos de entretenimento que traduzem o lifestyle do skate em festas com música ao vivo, ótimos drinks, lojas descoladas onde é possível encontrar os principais equipamentos e escolinhas especializadas em ensinar o bê-a-bá das manobras. Pra provar esse momento incrível pelo qual o esporte está passando e vivenciar o skate além de suas manobras, listamos os mais novos endereços – pra quem pratica, amador ou profissionalmente, ou apenas pra quem quer viver a cultura do skate – no Brasil.

A Casa Flutuar em Florianópolis

Casa Flutuar

Em Florianópolis, esse é o rolê certo para quem gosta do lifestyle do surfe e skate. Além de ter um bowl ao ar livre, a Casa Flutuar organiza festas com música ao vivo, cerveja e comidas servidas no restaurante próprio. Apesar de ter sido inaugurada em 2018, a pista ganhou novos ares esse ano após ser repaginada pelo Canal OFF. Desde então, o espaço é também utilizado para ativações com o elenco do canal, pré-estreias e exibição de filmes do Cine OFF. Os eventos são divulgados nas redes sociais.
Rua Dr. Antônio Luiz Moura Gonzaga, 3078, Florianópolis


a Vans Skatepark é a primeira pista da América do Sul construída especialmente pra modalidade park | Foto: Anthony Acosta

Vans Skatepark

Inaugurada no ano passado, a Vans Skatepark é a primeira pista da América do Sul construída especialmente pra modalidade park, que mistura diferentes elementos e obstáculos do skate, como transfers, corrimãos e bordas que chegam a até 3 metros de altura. O skatepark, que fica dentro do Parque Cândido Portinari, anexo ao parque Villa-Lobos e do lado da estação Villa-Lobos-Jaguaré do trem, já recebeu skatistas de peso, como Yndiara Asp e os americanos Tom Schaar e Brighton Zeuner na primeira etapa do campeonato mundial Vans Park Series. É gratuita e aberta ao público. Aos sábados e domingos, é possível andar de skate utilizando tênis da marca, disponíveis para empréstimos gratuitos na Vans Shoebox, localizada ao lado da pista.
Avenida Queiroz Filho, 1365, São Paulo


Música ao vivo no Alma Grey Bowl, em Campinas

Alma Grey Bowl

A cidade de Campinas, no interior de São Paulo, ganhou no começo deste ano um espaço novo para os amantes de skate. O Alma Grey Bowl é um skatepark e complexo de entretenimento que une bar, estúdio de tatuagem e espaço de convivência. Lugar perfeito pra dar uns rolês no bowl e ns miniramp ou apenas relaxar, tomar uns drinks e escutar um som com a galera. Um dos eventos mais famosos é o The Bowl Sessions, que recebe periodicamente diferentes bandas que armam o show dentro da pista de skate. De terça a quinta-feira a entrada é gratuita.
Rua Arlíndo Carpino, 22, Campinas


Em Brasília, pista do LayBack Park com vista pro lago Paranoá

LayBack Park Brasília

Depois do sucesso em Floripa, o LayBack Park, espaço destinado ao skate, à gastronomia, música e arte, é a mais nova atração de Brasília. O complexo, com vista pro lago Paranoá, é marca da família de um dos principais nomes do skate mundial, o brasileiro Pedro Barros. Entre as atrações, pista de skate gratuita no formato bowl, sala de coworking, restaurante e bar com dez torneiras de cervejas artesanais de produção própria.
SHTN trecho 1, lote 6 e 7, Brasília


No Curitiba Skate Park tem aulas para todos os níveis e idades

Curitiba Skate Park

Depois de dois anos fechada, a antiga pista de skate da Drop Dead reabre em Curitiba – agora sob o nome Curitiba Skate Park e sem o patrocínio da marca – oferecendo 400 m² de pista e dezenas de obstáculos pra quem procura um rolê mais street, só que num espaço seguro e fechado. Na parte de cima, o bar é o local perfeito pra assistir as manobras entre uma cerveja e outra. A diária custa R$ 10, mas pra quem está começando a se aventurar no esporte, o skate park dá aulas avulsas por R$ 60 ou R$ 200 mensais.
Rua Travessa da Lapa, 231, Curitiba


O Parque do Chuvisco abriga uma das maiores pistas de skate de São Paulo

Parque Chuvisco

Uma das maiores pistas de skate de São Paulo acaba de ser inaugurada no Parque do Chuvisco, na zona sul da cidade. São mais de 2.000 m² de circuito a céu aberto e 29 obstáculos, rampas e transição. E o melhor de tudo é que a Pista do Chuvisco uso do espaço é gratuito e funciona todos os dias, das 7h às 18h. Agora não tem mais desculpa, dá pra andar a qualquer hora.
Rua Ipiranga, 792, São Paulo

Foto de abertura: Luiz Francisco voa Vans Skatepark São Paulo | Crédito: Anthony Acosta