Places

7 praias do Pará que você nem sabia que existiam

Por
Adriana Setti

Uma seleção de segredos paraenses, pra curtir a brisa morna, velejar e surfar em águas doces ou salgadas — às portas da Amazônia, nas praias do Pará.

Nos últimos anos, Alter do Chão virou objeto do desejo por sua paisagem hipnótica que aflora do Rio Tapajós no “verão” amazônico, de agosto a dezembro. Mas tem muitas outras praias no Pará banhadas por águas doces e salgadas que praticamente só quem é de lá conhece.

Aqui, a gente revela algumas dessas praias do Pará, com a ajuda do chef Thiago Castanho, que vive rodando pelo quintal da sua casa em busca dos melhores picos pra velejar.

Praia da Corvina, Salinas

Salinópolis, no Pará
Créditos: Reprodução / Instagram
Salinópolis, no Pará
Créditos: Reprodução / Instagram

A 200 km de Belém, Salinas (Salinópolis) é um destino clássico pra quem mora na capital paraense, mas pouco conhecido fora do estado. Tem lagos enormes, ondas, dunas e infraestrutura completa pra quem veleja de kite. Quer sossego? Evite feriados e vá à Praia das Corvinas.

Praia da Marieta, Maracanã

Praia da Marieta, Maracanã
Créditos: César Favacho

O acesso é difícil — por trilha, de barco ou 4X4 —, mas a recompensa vale. São mais de 5 km de areia branquíssima num cenário praticamente virgem, onde o Atlântico morno forma piscinas naturais na maré baixa.

Praia da Princesa, Ilha do Algodoal

Praia da Princesa, Ilha do Algodoal
Créditos: Raoni Cacique

É preciso dirigir 150 km de Belém até Marudá e, de lá, pegar um barco até a ilha, bem rústica, sem acesso pra carro e moto. “É a Jamaica paraense, com vários picos que tocam reggae e carimbó”, conta o chef Thiago Castanho, que costuma velejar de kite na Praia da Princesa.

Ajuruteua, Bragança, uma das praias do Pará mais desconhecidas

Na cidade conhecida pela melhor farinha de mandioca do estado, essa praia tem um dos maiores manguezais do mundo e bons ventos pra velejar de agosto a novembro. Conta com algumas pousadinhas simples, mas o turismo ainda é local.

Praia do Marahu, Ilha do Mosqueiro

Praia do Marahu, Ilha do Mosqueiro
Créditos: Reprodução / Instagram

A 70 km de Belém, a ilha tem influência do mar e também é banhada pela água doce que desagua dos rios amazônicos, formando ondas boas pra surfar de outubro a dezembro — a praia de Marahu foi sede do campeonato brasileiro de surf em água doce.

Praia do Pesqueiro, Ilha do Marajó

Créditos: Wiki Commons

Com água salobra, visual incrível, búfalos e cavalos perambulando livremente numa faixa de areia a perder de vista, tem algumas barraquinhas pra comer peixe frito e, pouco a pouco, é uma das praias do Pará que vem fazendo a cabeça dos praticantes de kite (de setembro a dezembro).  

Ponta do Muretá, Alter do Chão, uma das mais famosas praias do Pará

 Praia do Amor, no Pará
Créditos: Reprodução / Instagram
 Praia do Amor, no Pará
Créditos: Reprodução / Instagram

A famosa Praia do Amor é apenas uma das incontáveis praias que se formam no rio Tapajós no verão amazônico, de agosto a dezembro. Um pouco menos famosa, mas igualmente fotogênica, a Ponta do Muretá é um dos melhores lugares pra ver o pôr do sol na região.

abandono-pagina
No Thanks