viagem

Em Calpe, um labirinto em tons de rosa aos pés do Mediterrâneo

Por Duda e Naira -

A nossa primeira parada é Calpe, na costa leste da Espanha, na província de Alicante. Um destino pouco comum para os brasileiros, mas frequentado por russos, noruegueses, dinamarqueses, alemães e toda a gente que desce a Europa em busca de um pouquinho de calor. Apesar do mar gelado, não é nada incomum ver banhistas nus, aquele bronze salmão típico de turistas ou tiozinhos levando suas tatuagens e piercings no mamilo para tomar banho de sol.

No meio desse cenário com vista para o Mediterrâneo, uma construção em tons de vermelho, rosa e azul nos faz desviar o olhar. Contrariando a natureza do mar, nenhuma curva. Nenhum movimento, a não ser o das pessoas que circulam por suas incontáveis escadarias com destino a lugar nenhum – sempre com uma vista inacreditável. A Muralla Roja parece ter escolhido sua morada, sem qualquer necessidade de luxo.

Estivemos hospedadas no prédio por 4 dias, perambulando por entre os corredores coloridos, cuidadosamente desenhados para nos fazer perder pelas dependências do prédio. Uma experiência deliciosa, sempre diferente. A cada vez que encontrávamos um lugar novo, gritávamos uma pela outra para dividir a vista. Fotos, fotos, fotos: a Muralla Roja foi eleita um dos prédios mais instagramáveis do mundo – e não é difícil entender o porquê, não é mesmo?

Inspirado pelas construções árabes-mediterrâneas e desenhado pelo arquiteto espanhol Ricardo Bofill, o edifício residencial levou 10 anos para ficar pronto, em 1973. Distribuídos por ele, além dos pátios interligados, 50 apartamentos com diferentes plantas, que vão de estúdios a moradias com três quartos, duas salas e varanda.

the-summer-hunter-calpe-img5

Poucos proprietários habitam a Muralla durante o ano inteiro. A maioria das unidades está disponível para aluguel por temporada em plataformas como o Airbnb ou mesmo nas imobiliárias da cidade. Segundo a administração do condomínio, boa parte das reservas são para hospedar equipes de fotografia e vídeo que utilizam o prédio como cenário para suas produções – durante a nossa estada, três shootings de moda aconteceram pelas dependências do prédio.

Marcas como Reebok, Prada, Zara Home e várias revistas de moda já utilizaram os vãos da Muralla como cenário para seus editoriais. Com a gente, Beatnik & Sons, d.uas, Neptunia e Somos55 colocaram a cara no sol e posaram para as quinas coloridas do labirinto de Bofill. Dias inesquecíveis, registrados pela nossa paixão instantânea por esse lugar encantado.

the-summer-hunter-calpe-img11
the-summer-hunter-calpe-img7
the-summer-hunter-calpe-img9

ESSENTIALS

La Muralla Roja
Partida Manzanera, Calpe, Alicante, Espanha

Dois voos diários de Lisboa a Valência de TAP (um pela manhã e outro à noite). Compre aqui.
Táxi do aeroporto de Valência a Calpe (cerca de €120, leva uma hora pra chegar)
Ônibus de Valência pela Alsa (€14 saindo da rodoviária de Valência, viagem de 3 horas). Veja horários aqui.
• Aluguel de carro pela Victoria (média de €70 por diária, com devolução em Valência ou Alicante). Alugue aqui.
Apartamentos na Muralla no Airbnb (cerca de 80€ por diária, apartamento para 4 pessoas). Veja opções aqui.
Supermercado Consum a 5 minutos a pé (comparando com São Paulo, mesmo com a conversão, tem preços um pouco mais baixos que os do Brasil)
• Praia descendo uma das escadarias na lateral da Muralla: grátis e deliciosa.

Sobre o NEXT
Qual é o próximo passo? Onde será a próxima parada? Quem vamos conhecer, quem pode nos indicar lugares e experiências dignas de mudarem o rumo de uma viagem? O Next é sobre não ter planos: sair pelo mundo descobrindo o sol que existe no lugar mais perto do que buscamos. E isso pode mudar a qualquer momento.