Tendências

Libertinagem e ousadia são os combustíveis da marca carioca Parioca

Por - 19/07/2017

Foi entrelaçando a sensualidade atrevida do Rio de Janeiro com a charmosa libertinagem parisiense que Pedro Rosman criou a Parioca em 2015, uma marca de beachwear para quem não tem medo do julgamento por trás dos olhares mais caretas.

“Eu sempre recebi diversos amigos gringos no Rio e eles sempre queriam levar para casa alguma coisa tipicamente brasileira e divertida. Confesso que ao longo dos anos eu já estava com dificuldade de comprar roupa no Rio, então resolvi fazer um teste, criar uma coleção e acabou dando certo”, revela Pedro.

A Parioca traduz o lifestyle de seu criador, Pedro Rosman, um jet setter nato, que está sempre em busca de um dia perfeito de verão por onde passa, seja no Leblon, seja em algum balneário no sul da França com os amigos.

“Um dia perfeito de verão é aquele inesperado,m que você vai a praia com os amigos, aproveita o mar, da muita risada e deixa acontecer naturalmente, se tiver uma pitada de loucura, melhor ainda!”, define Rosman.

As bermudas, que têm um modelo mais retrô e ‘europeizado’ do que os boardshorts que imperam nas areias brasileiras, recebem estampas que fogem do básico ou dos temas clássicos para celebrar a natureza humana e a libido.

As ilustrações sexies, que às vezes beiram o vulgar (no bom sentido!), da Parioca são idealizadas por Pedro e saem das mãos da designer Gisela Pecego, que dá um tom quase lúdico e inocente aos padrões hipnóticos de peitos, bundas e até mesmo orgias que estampam as peças.

Por enquanto, o foco da Parioca são as bermudas masculinas, mas já tem novidade na área, como Pedro revela em primeira mão: “Vamos lançar agora em setembro uma linha de sarongues genderless, pra todo mundo poder usar!”


Rio de Janeiro
Via Flores. Rua General Venâncio Flores 305 , Leblon

São Paulo
Gallerist. Shopping Cidade Jardim, Av. Magalhães de Castro 12000 – 111, Cidade Jardim

Saint Tropez
Couleur Brasil.  2 Avenue Général Leclerc, 83990

 

Populares