Places

Raio-X dos Parques Nacionais do Brasil

Por
Adriana Setti

Você sabe a diferença entre uma APA e um Parque Nacional? Tem ideia de qual foi o primeiro parque nacional do país? Está ligado qual é o menor dos Parques Nacionais?

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, 30% do território é protegido por Unidades de Conservação (UC) federais, estaduais e municipais, que somam aproximadamente 2,5 milhões de km2. No entanto, apenas 26% da área em UC é de proteção integral, ou seja, do tipo que permite apenas o uso indireto dos recursos naturais e atividades como educação, pesquisa científica e turismo.

Nossos parques nacionais

Parque Nacional de Anavilhanas
Parque Nacional de Anavilhanas l Créditos: Lincoln Barbosa

Os Parques Nacionais são um tipo de UC federal de proteção integral. Atualmente, o Brasil tem 74 deles, dos quais 3 são marinhos. Aliás, o Brasil tem 963 mil km2 de unidades de conservação no mar — 22,9% em Áreas de Proteção Ambiental (APA), um tipo de UC que permite certo grau de ocupação humana.

Porcentagem de cada bioma protegida por Parques Nacionais:

Amazônia 28%

Caatinga 8,8%

Cerrado 8,3%

Mata Atlântica 9,5%

Pampa 3%

Pantanal 4,6%

Pra que servem os Parques Nacionais?

Pantanal fica no Centro-Oeste do Brasil
O Pantanal é um bioma brasileiro localizado no Centro-Oeste do Brasil,l Créditos: Lovely John / Pexels

Parques Nacionais são fundamentais para a preservação do meio ambiente, além de serem fontes de pesquisas científicas, atividades econômicas e turismo. Preservar a biodiversidade é um dever estabelecido pela Constituição e também atende a compromissos assumidos em convenções internacionais.

Os Parques Nacionais Brasileiros são administrados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), uma autarquia vinculada ao Ministério do Meio Ambiente, criada em 2007. Ativistas ambientais denunciam a progressiva desautorização do ICMBio, bem como do IBAMA, pelo atual governo, com perda de recursos e poder de fiscalização.

Parques Nacionais podem ser privatizados?

Parque Nacional do Iguaçu
Parques como o do Iguaçu, no Paraná, e Itatiaia, entre o Rio de Janeiro e Minas Gerais, tiveram seus serviços turísticos concedidos por um prazo determinado l Créditos: José Mário S. Cassiano

Não há privatização, mas concessão de serviços e atrativos turísticos em Unidades de Conservação. Parques como o do Iguaçu, no Paraná, e Itatiaia, entre o Rio de Janeiro e Minas Gerais, tiveram seus serviços turísticos concedidos por um prazo determinado. Parques como Chapada dos Guimarães (MT), Jericoacoara (CE), e Lençóis Maranhenses (MA) estariam entre os próximos da fila.

Os defensores afirmam que as concessões trarão mais recursos para a infraestrutura turística e a preservação. Mas alguns ambientalistas têm ressalvas: acreditam que as concessões, que privilegiam grandes empresas, podem criar conflitos com as comunidades locais, alguns creem que a biodiversidade pode ser comprometida em prol do desenvolvimento turístico.

Curiosidades

O menor: Parque Nacional Marinho das Ilhas dos Currais (PR), 13,6 km²

O maior: Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (AP), 38.874 km²

O mais antigo:  Parque Nacional do Itatiaia (RJ-MG), 1937

O mais novo: Parque Nacional Boqueirão das Onças (BA), 2018

Hits brasileiros

O Parque Nacional da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro — onde fica o Corcovado — é o mais visitado do Brasil, seguido pelo Parque Nacional do Iguaçu, onde ficam as Cataratas do Iguaçu, no Paraná. A Serra da Capivara, no PI, foi citada pelo NYT como um dos 52 destinos de viagens de 2022. No total, 7 milhões de pessoas visitaram os parques nacionais brasileiros em 2021.

Este post foi feito em colaboração com o perfil @entreparquesbr.

Créditos da imagem do abre: Julius Dadalti / Erick Caldas Xavier

abandono-pagina
No Thanks