lifestyle

6 aulas alternativas de yoga para, enfim, achar a paz interior

Por Olívia Nicoletti -

Em tempos de busca incansável por autoconhecimento, paz interior e algum sentido para a nossa existência, a yoga ganha nova visibilidade e surge como, mais que exercício físico, filosofia de vida. Com o aumento da procura pela prática, nasceram modalidades alternativas – que vão fazer até o mais ansioso dos céticos encontrar a sua preferida. Aqui, listamos as 6 mais hypadas do momento. Estique seu mat e se prepare para entrar nos asanas mais loucos.

Weed yoga

Nos EUA, onde o uso da maconha medicinal é legalizado em mais da metade dos estados , a weed yoga – ou marijuasana – nasceu como mais um caminho para a filosofia da meditação mindfulness. Acredita-se que, enquanto você fuma um baseado e pratica as posições, alcança o estado de flow, ou fluxo, que consiste no foco total numa única atividade – além de melhorar a circulação e aliviar dores crônicas. Por aqui, esse tipo de aula ainda não é legal, mas fica a dica para quem está com a passagem comprada.
marijuasana.com
theganjayoga.com

Weed Yoga
Foto: Instagram/@ganjayoga

Naked yoga

A nude ou naked yoga é antiga, mas ganhou maior reconhecimento recentemente, graças a modelo e fotógrafa anônima que divulga (e vende) seus autorretratos no perfil @nude_yogagirl. A ideia da modalidade é simbolizar o desapego e ganhar autoconfiança ao se despir para realizar os asanas. No Brasil, dá para praticar no Centro Muladhara.

Naked Yoga
Foto: Instagram/@nude_yogagirl

SUP yoga

Acha fácil se equilibrar em posições improváveis dentro de um estúdio? Experimente trocar o mat por uma prancha de stand-up. É o que tem acontecido em cidades como Rio de Janeiro, Florianópolis e Manaus. Queridinha das modelos Gisele Bündchen e Izabel Goulart, a SUP yoga promete impulsionar ainda mais o equilíbrio e concentração. Uma das precursoras por aqui é a atleta mineira Bianca Guimarães, que, inclusive, divide suas experiências no blog SUP Yoga Brasil. Quer tentar? Vale o clique.

SUP Yoga
Foto: Instagram/@keysten

Beer yoga

É lógico que a ideia de unir qualquer coisa a cerveja viria da Alemanha. Sendo assim, a beer yoga nasceu em Berlim @bieryoga e, por lá, é o hit do momento. A modalidade é praticada com seriedade e propõe o alcance de um nível mais elevado de consciência. Quer uma inspiração extra? Siga Brooke @beeryoga, que posta fotos dos seus asanas e suas cervejas pelo mundo no Instagram.

Beer Yoga
Foto: Instagram/@bieryoga

Hot yoga

A hot (ou warm) yoga nada mais é que uma aula praticada dentro de uma sala aquecida a 40ºC. O calor ajuda a relaxar os músculos e as articulações, permite um alongamento mais profundo e promove a transpiração, que ajuda a desintoxicar o corpo. Segundo quem pratica, além de todos os benefícios físicos, também é um ótimo exercício mental, já que permanecer dentro da sala durante mais de uma hora demanda bastante esforço. Em São Paulo pode ser praticada no Hot Yoga São Paulo e no Rio de Janeiro no Bikram Yoga Rio.

Hot Yoga
Foto: Instagram/@bikram_yoga_rio

Salt yoga

A terapia com sal seco é conhecida na Europa e na Rússia como um tratamento natural e holístico para doenças de pele e respiração. Assim surgiu a salt yoga, modalidade realizada dentro de salas feitas de sal do Himalaia – do chão às paredes –, que promete impulsionar esses benefícios. Ainda não chegou no Brasil, mas nos Estados Unidos pode ser feita no Breath Salt Rooms

Salt Yoga
Foto: Instagram/@breathesaltrooms