tendência

16 atitudes, pessoas e destinos que ouviremos falar neste ano

Por Marília Kodic -

Mais do que uma estação do ano, verão é um estado de espírito. E para irradiar as atitudes solares que nos inspiram no dia a dia, o The Summer Hunter criou, junto com a Ahlma, uma colabe batizada de Solstício, o momento do ano em que se tem o dia mais longo, a noite mais curta e o começo do verão mais incrível. Aproveitamos nosso mergulho nesse universo solar para listar os destinos, as pessoas e as atitudes sobre os quais devemos ouvir falar neste ano de 2019. Mas nada de tendência ou hype. Porque nós gostamos mesmo de seguir o sol, não a moda. Confira aqui. E também retire a versão impressa deste guia nas lojas da Ahlma no Rio.

Atins, Maranhão
Foto: Divulgação

1.Destino

Atins, Maranhão

Como acontece com todos os pequenos paraísos que recebem os disputados réveillons da Mareh (e não à toa), o vilarejo de praias, dunas e lagoas cristalinas de Atins, no Maranhão, que foi sede da virada para 2019, está com os dias de anonimato contados. Corra antes que seja tarde!


MC Tha
Foto: Divulgação

2. Música

MC Tha

No funk desde seus 15 anos, MC Tha é uma das mais interessantes expoentes da nova safra do ritmo, fazendo um trabalho que dialoga com diferentes estilos brasileiros — forró, brega, rap, MPB — numa mistura criativa e dançante. Em sua bagagem, uma faculdade de jornalismo, diversos projetos culturais e a amizade e influência do cantor Jaloo.


Plant People
Óleo de CBD da americana Plant People | Foto: Divulgação

3. Bem-estar

Derivados da cannabis

Distanciando-se dos estereótipos, a cannabis tem movimentado um mercado bilionário. Usados há anos no tratamento de doenças, os derivados da substância agora aparecem em cremes faciais, incensos, gotas, vaporizadores e até espaguete. O motivo: sua ação antidepressiva, analgésica, antioxidante, calmante, anti inflamatória e por aí vai.


Patinetes
As patinentes da Grin na Av. Paulista | Foto: Divulgação

4. Transporte

Tudo compartilhado

Impulsionados pelos apps de transporte alternativo, os moradores das metrópoles estão abandonando a posse de carros — e é na esteira desse movimento que as opções de locomoção vêm se diversificando, oferecendo compartilhamento não só de bikes, mas também de carros e patinetes elétricos.


Zero waste
Lívia, à direita, com a sócia, Lori Vargas, da Mapeei | Foto: Andre Stefano | Foto: André Stefano

5. Consumo

Lojas zero waste

Nada se perde, tudo se transforma. A máxima de Lavoisier, proferida há mais de 200 anos, cabe bem na filosofia das lojas zero waste, ou desperdício zero. Além de vender itens como canudos de vidro e inox, lojas como a Ahlma, no Rio, e a Mapeei, em São Paulo, promovem cursos e conversas sobre veganismo e consumo consciente.


Original Favela
Original Favela | Foto: Reprodução Instagram

6. Negócios

Empreendedorismo de periferia

As periferias das grandes cidades se transformaram em incubadoras de negócios criativos e de empreendedores guerreiros, como a Original Favela. Gente que achou uma saída para a falta de recursos e perspectiva, montando desde brechó a rede de escolas de inglês.


Meditação transcendental
Foto: Stephen Sandian

7. Bem-estar

Meditação transcendental

Após uma turnê caótica, os Beatles foram à Índia ao encontro do guru Maharishi Mahesh Yogi, criador da meditação transcendental. Difundida pela banda mais aclamada do planeta, só agora a técnica se populariza no Brasil. À base do uso de mantras, ao contrário de outros tipos populares de meditação, ela tem o diferencial de reduzir de fato a atividade do cerebelo.


Lano-Alto
Foto: Lano-Alto

8. lifestyle

Urban farming

Com a tendência de valorizar alimentos locais e sazonais vem um crescente interesse também por retomar o controle de processos que nos acostumamos a terceirizar. Assim despontam as fazendas urbanas — espaços repensados para a produção agrícola sustentável — e iniciativas como a Lano-Alto, no interior de São Paulo, do casal Peèle e Yentl, que vende de mel a workshops de como construir uma casa sustentável.


Cipó-alho da Amazônia
Foto: Peter Cician

9. Comida

Cipó-alho da Amazônia

Tapioca, açaí, guaraná. A cozinha amazônica influencia o que se come no Brasil e no mundo, e a nova moda é o cipó-alho, que ganha os pratos da região por ter o sabor do alho, mas mais suave.


Kali Uchis
A cantora colombiana Kali Uchis | Foto: Divulgação

10. Música

Plataforma para novos artistas

O SoundCloud está com um projeto para ajudar novos cantores, como a colombiana Kali Uchis, a ganharem dinheiro. A empresa está lançando o Premier — ferramenta de monetização que paga ao artista mais de 50% da receita gerada pela reprodução na plataforma —, antes disponível só por convite, para centenas de milhares de artistas que oferecem suas gravações.


ciclismo de estrada
Foto: Victor Xok/Unsplash

11.Esporte

Ciclismo de estrada

Praticamente ignorado pela mídia brasileira até pouco tempo atrás, o ciclismo de estrada vem ganhando força no Brasil. Realizado em estradas, em speed bikes, o esporte trabalha, sobretudo, o ritmo e a resistência (leia mais aqui)


Foto: Divulgação

12. Moda

Frutas como matéria-prima

Fazendo circular a cadeia produtiva ao ressignificar o lixo, marcas estão investindo em cascas de alimentos para criar novos produtos. Na Bio & Green, a cana-de-açúcar é convertida em vasos; na Ananas Anam, folhas de abacaxi imitam o couro; e, na Orange Fiber, laranjas são transformadas em tecido.


Mother, feita à base de proteína de ervilha | Foto: Divulgação

13. Comida

Complementos proteicos veganos

Com o consumo mundial de carne em xeque, surgem cada vez mais alternativas à proteína animal. No Brasil, como diz Marcos Leta, a era do whey finalmente ficou para trás. Fundador das bebidas Do Bem, ele acaba de lançar a Mother, com produtos feitos à base de proteína de ervilha.


Foto: Divulgação

14. Saúde

Silicon Valley se volta para a saúde

As empresas do Vale do Silício estão focadas em desenvolver soluções tecnológicas para a saúde: até 2022, estima-se um investimento de US$ 410 bi. A Apple já está testando um aplicativo que pode diagnosticar doenças.


Foto: Nasa

15. Lifestyle

Fé na astrologia

As novas gerações estão menos céticas do que nunca, mas, em vez de se concentrar numa religião tradicional, sua fé se ramifica em credos diversos. Graças à rapidez e informalidade da internet, a astrologia moderna vem surfando essa onda, com mercúrio retrógrado alçado a status de celebridade e astrólogas como Br000na e Papisa interpretando os astros com humor, memes e linguajar descomplicado. Novos tempos!


Foto: Juliana Rocha

16. Moda

Biquínis, maiôs e tops absorventes

As calcinhas da Pantys são biodegradáveis, antibacterianas e absorventes — mas também podem ser usadas fora do ciclo menstrual. E, neste verão, a tecnologia patenteada surge numa coleção de biquínis, maiôs e tops, em cocriação com a Ahlma. Lindas e funcionais!